Mensagens

Ultra Trail da Serra da Freita – “YOU ARE NOT A RUNNER”

Imagem
O Ultra Trail Serra da Freita seria um treino para o Celéstrail, prova de 83 km com 5.000m D+, integrada no Andorra Ultra Trail Vallnord.

Um treino de 65 km a três semanas de Andorra?!? Sim, em ritmo de power walking permitido pelo tempo limite da prova de 28 horas, aplicável às duas distâncias (65 km e 100 km). Rui Faria, Luís Afonso, Ruben Costa e eu alinhámos “em grupeta”. GRU-PE-TA.
No final da primeira subida encontrámos o organizador da prova, José Moutinho “aquele que é conhecido por muitos como o pai do trail em Portugal”. Ali nos explicou a razão de ter organizado duas provas, tão diferentes, com o mesmo tempo limite de 28 horas:
- Elite Trail Serra da Freita - 100 km com 6.600m D+ - Destinada à Elite, atletas com preparação e capacidade para fazer uma prova devidamente descrita numa placa de aviso: ”Vais ser comido, mastigado e regurgitado pela Freita” - Ultra trail Serra da Freita - 65 km com 3500 D+ -Visava integrar os atletas que gostam de trilho puro e duro, com piso irregul…

O MIUT

Imagem
Os pensamentos geram sentimentos. E os sentimentos geram comportamentos.
Mais ao menos ao km 65/66, sentado num tronco na subida para o Pico Ruivo, o terceiro km vertical, não me saía da cabeça o pensamento de desistir. Tinha chegado até ali praticamente sozinho. Tinha a companhia da Sandra mas sabia que ia perdê-la em breve. Não sabia se o Rui, o Paulo e Gonçalo iam passar do Curral das Freiras. Esperavam-me 50 kms e umas boas 12 horas a sós, na sua maioria à noite, à beira de alguns precipícios sem proteção. O meu joelho esquerdo estava prestes a denunciar-me por violência doméstica, entre outras partes do corpo. Estava decidido. Mas foi então que surgiram outros pensamentos. De repente, pensei como participar no MIUT e estar fora de casa 6 dias tinha causado conflitos em casa. Pensei na pequena Beatriz a chorar compulsivamente no aeroporto enquanto eu me despedia dela. Lembrei-me de como tinha dito tantas vezes aos meus nervosos companheiros “está feita” ainda antes de começar. De c…

Dez anos depois

Imagem

Ultra-Trilhos de Mértola

Imagem
Texto de: João Abreu (Março 7, 2019)
A primeira ULTRA  Sem saber por onde começar, talvez deva de começar pelo início. O início leva-me até ao dia 28-10-2018, o que aconteceu nesse dia 28? Pois bem, nesse dia 28 de Outubro, faço juntamente com os RUN 4 FUN o meu primeiro treino em trilhos, coisa que até então eu desconhecia totalmente... Trilhos? Sem saber onde iria parar e o que me esperava, no dia 28 lá vou eu com uma mochila (desportiva, não de trail nem de corrida) e uns ténis de estrada para essa que seria a minha primeira experiência em trilhos. Juntamente com um grupo de pessoas sempre bem dispostas e sempre prontas a ajudar fomos até Sintra para aquela que seria a minha primeira experiência em trilhos... Brutus foi o nome desse treino que marcaria a minha primeira experiência em trilhos, treino esse que terminei com vontade de voltar novamente a Sintra para conseguir voltar a correr por todos aqueles lugares fantásticos e fascinantes que tínhamos percorrido. Após fazer um primeir…