Mensagens

#Penacova#TrailUltra42km

Imagem
Marina Marques
Penacova Trail do Centro
(11/Novembro/2018)



Acredito que na nossa vida nada acontece por acaso e que há aprendizagens que temos de fazer para valorizar o que é essencial: o amor, a paz, a gratidão, a bondade, a amizade… O universo sabe o que faz e cada desafio ou obstáculo são uma parte importante do caminho que temos para percorrer, um caminho que inevitavelmente nos conduzirá ao ponto em que tudo se revela e faz sentido. Foi aí que eu cheguei com esta aventura em Penacova.


A vontade de realizar esta prova surgiu, essencialmente, depois de verificar que vários companheiros RUN 4 FUN estariam presentes no evento. Sondei algumas meninas para me lançar pela primeira vez numa prova de Trail, esperando ficar pelos 17 km. Não obtive companhia para esta distância nem para os 25 km. Na altura, quer a Ana Melo, quer a Sandra Simões iam para os 42 km. Decidi então que, dada a minha inexperiência, o melhor seria optar pela distância onde teria companhia, estava preocupada sem saber …

A minha primeira prova Rainha.

Imagem
(João Sousa na Maratona do Porto, Nov. 4, 2018)
Autor: João Sousa (Porto, 4 de Nov. de 2018)
A Maratona (do porto). É certo que troquei a ordem e me "lancei" primeiro à ultramaratona sem ter passado pela experiência da prova mãe, mas não deixou de ser um marco que me acompanhará para sempre. De facto, foi a minha primeira vez a "competir" na distância de 42,195 km, algo que, há muito pouco tempo atrás me parecia dificílimo de alcançar (não estava a fazer treinos específicos para a prova e só há cerca de uns 2 meses é que me comecei a mentalizar que talvez fosse. Gentileza de um amigo que não pode ir e cedeu o dorsal, obrigado), mas fui, arrisquei, e ia cheio de expectativas, pois era todo um mundo novo para mim e toda a gente me tinha dado montes de força e motivação para que tudo corresse pelo melhor. O ambiente que se vive nestas provas é realmente incomparável com qualquer outra, é fascinante, toda a envolvência, a adrenalina, inexplicável mesmo, só quem faz pode…

Corrida e Caminhada da Água

Imagem
Vitor e Sara na Corrida/Caminhada da Água (Nov. 4, 2018)



Hoje de novo com a minha neta Sara nesta Caminhada/Corrida de cerca de 4 km..Confusão na partida, resultado fizemos o percurso errado e entrámos no Aqueduto com muita gente à frente e aí foi difícil correr com ritmo certo.


No final 28min10s com pouco mais de 10 participantes chegados à meta.


Importante levar a Sara mais uma vez a participar nestas pequenas provas, mas adequadas à sua idade e depois ouvir-lhe dizer que se sentiu melhor do que na Corrida do Millennium, quando o nível de dificuldade de hoje era mais difícil com algumas subidas.
-- Vitor Aguilar

A MINHA PRIMEIRA

Imagem
A Maratona... 😏


Para quem tiver paciência de ler, este meu testemunho será mais para explicar como é que uma maçarica como eu concluiu a sua primeira maratona, até porque percebi que a minha participação surpreendeu muitos dos meus amigos (e até a mim própria).
Quem já se cruzou comigo nos treinos ouviu-me dizer que eu não tinha grande interesse nem motivação para fazer uma maratona. Não gosto de passar horas seguidas a correr e muito menos em estrada (eu gosto mesmo é dos trilhos). O gosto pela corrida não tem muitos anos e aumentou exponencialmente com a descoberta deste grupo incrível de pessoas que fazem do Run um grande Fun. A decisão de fazer A PROVA surgiu como muitas das decisões que vou tomando na vida: uma vozinha interior que começa a falar comigo e a inquietar-me... Eu acho que essa voz é Deus, por isso confio sempre nela e nunca me arrependi.
Em junho deste ano, a 4 meses da maratona, comecei um plano de treinos, mas sem qualquer pressão. Às vezes comentava com algumas pess…

Novos Membros: Margarida Forte

Imagem
Margarida Forte
25 anos, Marketeer/Publicitária/Doer & Maker/Snazznes-Cenas
Apadrinhada por: Pedro Ribeiro




Não se deixem enganar pelos 19 anos de idade da Margarida Forte. Já visitou uns 2/3 do planeta e por lá terá espalhado a sua magia a correr. Acompanhá-la em corrida será tão divertido quanto ouvir as suas histórias, seguir o seu Instagram ou qualquer outro dos seus vários projectos paralelos onde ela mostra toda a sua criatividade e sensibilidade. Atenção que eu disse divertido. Não disse fácil. O seu apelido e longas pernas não deixam dúvidas em relação ao que ela corre. Não é por acaso que se estreou com a laranjinha na 1/2 das Lampas e já está inscrita para Sevilha, onde se vai estrear na maldita e desgraçada distância que não há maneira de… desculpem, isto é sobre a Margarida… estava eu a dizer para se juntarem a mim e darem as boas-vindas à nova atleta laranja. E quando puderem, conheçam-na pessoalmente. É muito alta tornando o seu sorriso fácil de ver a léguas. -- Pedro Rib…

Azores Triangle Trail Adventure - A viagem

Imagem
Muitos de vocês já estiveram nos Açores, talvez todos, e alguns já correram por lá. Cada um teve a sua experiência e fez a sua viagem. Esta é a minha e tem “banda sonora”. Se as palavras são o bilhete para a viagem, a música será o caminho que vos levará até lá. Sentem-se confortavelmente, tranquilos, de preferência com auscultadores nos ouvidos e sejam bem vindos.


Não consigo explicar muito bem o que os Açores me fazem sentir. São ilhas de contradições. Por um lado, sinto humildade perante a memória colossal de uma força primitiva e esmagadora. Por outro, há uma energia quase palpável, próxima e confortável. Por todo o lado há maravilha e melancolia. Comunhão e isolamento. O topo do Pico, um verdadeiro farol do grupo central, visível de qualquer canto, omnipresente, é também o mais inacessível dos lugares de todas estas ilhas. No passado, pisá-lo escapou-me como as areias negras da ilha escapam entre os dedos. Desta vez, seria diferente. Agora, iria a correr. Lá em cima era quase cer…

Atleta em Destaque: Rosarinho Moreira

Imagem
Maria do Rosário Moreira
55 anos, Tradutora



Não resisti. Tinha de publicar hoje as respostas da Rosarinho à entrevista do: Atleta em Destaque. Por uma boa mão cheia de razões, entre as quais a de completar hoje exactamente 1 ano que ela terminou valorosamente a Maratona de Lisboa (15/10/2017). As condições não foram nada fáceis o que faz da Rosarinho uma vencedora. Entre outras qualidades, admiro muito a sua tenacidade. Nas minhas memórias retenho o Shosholoza :-) quem mais o poderia cantar durante a corrida, delicioso.
Muitos parabéns Rosarinho, feliz aniversário.



ENTREVISTA:

1. Há quanto tempo corres?
Nem sei dizer muito bem. Diria que comecei pelos 14 ou 15 anos. Na altura fazia dança e natação e corria de vez em quando com os meus pais. Fui mantendo a corrida com alguma regularidade. Interrompi em 2010 com a morte do meu pai e 3 anos depois retomei com grande vontade


2. Porque corres?
Pelo equilíbrio que me traz. O exercício em contacto com a natureza, fora de portas, como os elementos e …