quarta-feira, 9 de novembro de 2011

14 Kms no Porto

Na ausência de um relato para os 14 Kms Family Race venho prestar o meu contributo.

Esta prova no Porto foi a melhor das poucas em que já participei. As razões já aqui foram mencionadas: a boa organização, o percurso rápido e lindíssimo e como corolário um dia de sol incrível.

A partida, animada e colorida, numa zona separada da maratona fez-se com um quilómetro a subir. Tal permitiu algum ânimo (não desapareceram todos à minha frente) e a partir daí foram 7 km, em grande parte a descer, até à Foz. Passei os 5 km a 26’ (foi para mim um feito!) e tudo correu bem até ao décimo quilómetro. A partir do Castelo de S. João da Foz, no retorno, a “coisa” complicou-se. O troço de empedrado fez das suas e o meu joelho esquerdo começou a dar sinal. Ao 12 km abrandei muito o ritmo, cerrei os dentes e apostei em tentar não andar até pelo menos o início da subida da Av. Boavista. Assim aconteceu e já na subida as dores no joelho tornaram-se insuportáveis e fui obrigada a caminhar 300 a 400 m. A frustração foi enorme. Tão próximo do parque da cidade estava a 1 km do objetivo pretendido, o de cumprir uma prova de mais de 10 k pela primeira vez. Aí a inspiração veio do lado e de corredores mais desgastados que eu. Voltei à corrida, ignorei a dor e passei o pórtico da chegada com um tempo de 1:39:22 (real).
Depois de um spray “milagroso” na zona de chegada e arrastando a perna na subida de 3,5 km da Av. Boavista já em direção ao hotel senti-me triunfante.

Correr para mim é sempre FUN. Voltarei seguramente ao Porto no próximo ano para tentar melhorar o tempo e realizar um percurso lindíssimo.

Elsa Mota

PS: A todos os atletas dos Run 4 Fun na maratona do Porto os meus parabéns! Não sei realmente como vocês conseguem… Um incentivo ao testemunho de outras atletas que participaram igualmente pelos R4F, neste percurso de 14 Kms. Espero poder reencontrá-las nos próximos desafios. Como diz habitualmente o Nuno Sentieiro, sempre for Fun.

8 comentários:

Francisco Sanches Osório disse...

Na primeira vez, em qualquer distância, o importante é sentir que somos capazes de lá e atingir os nossos objectivos...desta vez foram 15K mas em breve vão ser mais alguns até aos 21K!! Parabéns Elsa e boa recuperação :)

Carlos Melo disse...

Parabéns Elsa! Never Give Up!

Talvez tenhas reparado que os mais experientes assim que chegaram ao empedrado passaram a correr no passeio que tem um piso mais estável.

No próximo ano, foge do empedrado e procura o piso constante.

Obs: Um dos problemas que tem correr os belíssimos percursos de trilhos é parecido, embora num nível de dificuldade bem maior, que é o impacto inconstante nos membros inferiores, coisa que se "aprende" a ultrapassar. Temos especialistas deste assunto no R4F. Chamam-lhe aprender a percorrer os "pisos técnicos".

RunAbraços.

Fernando disse...

e a prova nao foram 14k mas mais de 15 medidos pelos gps de todos os concorrentes lool :D

João Ralha disse...

Parabéns Elsa, ir até ao fim é sempre o mais importante. O tempo nunca é tão relevante.

Obrigado pelo teu relato e pelo exemplo de persistência que nos dás.

Na próxima, vai ser melhor, certamente.

Runabraços

Ps

E o conselho do nosso grande Zé Carlos Melo, é muito bom

Nuno Sentieiro Marques disse...

Parabéns Elsa, grande feito, grande espirito de sacrificio e persistencia e belo relato...a primeira vez que fiz 15Km fiz um tempo muito similar ao Teu e ainda hoje não me lembro como acabei :-).

No Teu caso o FUN, esteve contigo no inicio, andou perdido alguns Kms perto do fim...mas ao cortarmos a linha de chegada volta sempre em GRANDE...penso que se passa de uma forma geral com todos nós o mesmo :-).

Mais uns treinos e temos a meia à porta.

Bons treinos e até á próxima corrida....com muito FUN.

RunKiss

Nota : Zé Carlos, belissimo conselho.

Joao Fialho disse...

Excelente relato Elsa.

Todo o esforço desenvolvido é recompensado pela chegada.
E correr naquele percurso junto ao Douro deve ser mesmo deslumbrante.

A prova de superação individual faz-se desses momentos onde decidimos voltar a correr apesar do esforço e da dor.
E é tão gratificante!

Obrigado por partilhares connosco.

Paulo Marcos disse...

Relato comovente de determinação mas também de comunhão do espírito Run 4 Fun!

obrigado e parabéns!

Teodoro Trindade disse...

Muito obrigado Elsa, o relato da tua experiencia é excelente, revelando que possuis a tenacidade dos campeões.

Acho que para ti o mais dificil já está superado, agora é só não parar de fazer o agendamento de novos desafios.

Não me esqueço que também tu és responsável por eu andar nisto. O testemunho dos benefícios do teu jogging foi para mim um forte incentivo. Obrigado.

Bjs.