sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Nova Iorque precisa de uma segunda maratona?

Vejam o artigo do Wall Street Journal.

E delicioso o pormenor de todos os inscritos (125.000) e não apenas os aceites para correr, terem de pagar 11 dólares sem reembolso...!!!

http://online.wsj.com/article/SB10001424052748703805704575594270090488434.html?mod=WSJEUROPE_hps_editorsPicks_2

1 comentário:

João Ralha disse...

Boston, Nova Iorque, Londres, Paris, Berlim,as grandes maratonas.

Felizmente, já tive oportunidade de estar em todas estas cidades e, também por isso, não sinto qualquer atracção pelas respectivas Maratonas. É quase como ir de férias, em Agosto, para o Algarve, sem ser obrigado a tal.

Preços elevados, grande confusão, grande stress, etc, etc.

E uma Maratona são 42,2 km, por isso, ser numa cidade ou noutra, é-me indiferente. O meu critério é meramente turístico. Irei a Maratonas com os seguintes critérios: 1.cidades que ainda não conheça; 2. que não sejam demasiado grandes para serem confusas. Talvez Estocolmo não seja um bom exemplo, para o 2º critério, pois terá 20.000 participantes.

Mas inscrevi-me directamente e não tenho que esperar nenhum "sorteio" ou ter que pagar a intermediários, para ter acesso.

A Maratona de Nova Iorque, pelos vistos, é um negócio que dá dinheiro; só os 11 dólares a 60.000 pessoas, que pagaram, mas não entram, dá 660.000. Tal como a marca Rock´n Roll, que tem na base uma "private equity", para fazer dinheiro. Eu sou a favor do "mercado", mas tudo tem limites.

Runabraços