terça-feira, 22 de maio de 2012


ESTRANHA FORMA DE VIDA

Estranha forma de vida!
Depois de horas de subidas e descidas, de chuva ou calor, encontrar alguém e com um sorriso aberto perguntar: então como é que isso vai companheiro?
Chegar ao abastecimento há muito aguardado e olhar para a mesa com laranjas, banana e marmelada e ficar encantado com o olhar de uma criança!
Cruzar a meta e apesar de todas as mazelas sentir-se inundado de uma estranha felicidade.
E pensar, onde é a próxima?

Geira Romana - 20/05/12

 IV Ultra Trail Geira / Via Nova Romana


A Geira Romana é a estrada romana que ligava Bracara Augusta (Braga) a Asturica Augusta (Leão) e que foi construída no século I. Hoje ainda existem muitos troços dessa estrada em bom estado assim como algumas pontes.
Para marcar as distâncias os romanos usavam marcos a que chamavam miliários, uma vez que assinalavam milhas. Este trail percorre o troço entre os miliários XII e XXXVIII.
 
 


A partida foi dada em Banõs, Lóbios que é uma pequena povoação a aproximadamente 7 km da fronteira com Portugal (Portela do Homem) e a chegada é em Caldelas. São duas localidades com termas.

 


Os Run 4 Fun (Luísa, João, Maria, Rui, Guida, Teodoro, Elsa, Jorge, Zé Carlos e Gerardo) encontraram-se em Amares no sábado e almoçaram no restaurante “Milho Rei” (a Luísa e o Miguel San-Payo encontraram-se connosco mais tarde). Depois de uma boa refeição fomos visitar o Convento de Tibães que fica ali perto.

Trata-se de um monumento do século XI que foi da congregação Beneditina durante séculos. Tivemos uma visita guiada e foi possível conhecer para além do convento, os usos e costumes dos monges beneditinos.

 Ficheiro:Tibaes.jpg


No final da visita fomos brindados com um lanche e ainda ouvimos uma oração cantada por freiras carmelitas que agora ocupam uma ala do mosteiro. Foi sem dúvida uma tarde interessante.



Ao final da tarde fomos para Caldelas, onde nos encontrámos com o Miguel e assistimos ao briefing das provas do dia seguinte.



Depois o grupo separou-se: parte foi dormir em Bãnos junto á partida e os outros pernoitaram em Caldelas.
Quem ficou em Caldelas acordou bem cedo pois às 6h00 partiram os autocarros que levaram os corredores da ultra para a partida. As partidas para a corrida e caminhada foram mais tarde.
Antes da partida ainda ouvimos o discurso de saudação dos participantes que foi dado por um membro da organização. Os trajes são romanos e claro que as últimas palavras foram “Ave César”!
No gráfico seguinte está indicada a altimetria da prova e como se pode ver o primeiro troço até perto do km 8 é a subir, mas depois é praticamente sempre a descer.
Não existem muitas zonas técnicas e consegue-se ter um bom ritmo. De todos os trail que já fiz, este é sem dúvida o que tem o percurso mais fácil, o que aliás se pode constatar nos tempos obtidos de todos os participantes.


 

O percurso estava bem sinalizado e teve 8 abastecimentos; como esteve frio mas principalmente muita chuva teria sido bom ter uma bebida quente para aquecer.


Terá chovido durante quase metade do tempo da prova, o que significa correr durante 3 horas sempre com chuva e a temperatura também esteve baixa.
Também como é costume nestas provas atravessámos alguns riachos e poças e acabámos o trail com bastante água, uma vez que os últimos 200 metros são dentro do rio que atravessa Caldelas.


Importa salientar que todos os corredores tinham um sistema de controlo electrónico que permitia á organização acompanhar a prova e ter uma ideia da sua localização, o que seria muito útil se alguém se tivesse perdido.


Para além da prova maior existia uma de menor distãncia (15 km) e uma caminhada. Existe portanto uma oferta diversificada para todos os gostos!


Enquanto decorria a ultra o grupo que já tinha terminado a sua prova foi almoçar e depois foi esperar os corredores que iam chegando.



No final do dia parte do grupo regressou a Lisboa e os outros ainda ficaram para o dia seguinte.

Foi mais um fim-de-semana Run 4 Fun! Convívio, corridas, paisagens deslumbrantes, boa gastronomia, e acima de tudo viver este espírito que nos caracteriza!

Até á próxima!

11 comentários:

Orlando Ferreira disse...

Parabéns a todos os participantes.
Já estava convencido mas descrições destas transportam-nos sempre para o local da prova e ajudam nas decisões de participar, ou não. Obrigado pelo excelente relato Jorge.
Espero que em 2013 nada me impeça de participar.

João Ralha disse...

Jorge,

Excelente relato.

E algumas fotos surpreendentes. Aquela onde estamos com a ambulância por trás, foi no abastecimento dos 30 km e estávamos felizes pois dissemos ao fotógrafo que já só faltava uma meia maratona. Nada de mais.....

Levantámo-nos às 4:55, para tomar o pequeno almoço às 5:30. Estávamos dentro da camioneta que nos levou através do parque da Peneda-Gerês em parte no caminho do trail, até à partida, perto das 8 horas. Isto num Domingo: somos mesmo "locos que correm"

Nessa altura já estavam uma série de banhistas a tomar banho numa piscina de água quente, perto da partida e ao pé da qual se estava muito bem, quentinho.

O percurso é muito bonito, nomeadamente no troço da albufeira da barragem de Vilarinho das Furnas. Houve outro troço muito bonito, onde passámos para aí 20 minutos a ouvir a missa, no vale, amplificada por altifalantes.

Na minha opinião, o percurso mais bonito que alguma vez passei. Houve uma altura, já perto do fim, quando apareceu o Sol e nos encontrávamos num ponto alto, de onde de avistava uma paisagem deslumbrante, com povoações lá ao fundo, com campos verdes cultivados. Uma maravilha.

E no final, o rio. Não achei piada na altura, mas agora acho que foi uma ideia fantástica e diferente dos organizadores.

Um fim de semana magnífico na companhia de amigos, com visita cultural ao Mosteiro de Tibães e uma excepcional prova de "trail>".

Não percam a edição do ano que vem.

Runabraços

Goncalo Fontes de Melo disse...

Pronto, meus amigos. Declaro o ano de 2013 como o ano dos trails. Convenceram-me! Abraços.

Cesar Moreira disse...

Sem duvida que com este relato fiquei com vontade de no próximo ano atravessar esses vales e rios com vocês...

Parabéns Ultras

Cesar

Rui Ralha disse...

O Jorge com o seu estilo calmo e simpático, mas enfático, consegue convencer meio mundo a alinhar nos trilhos. Com este relato perfeito, cativa a outra metade. Acresce ainda uma hotelaria com qualidade e barata, a restauração muito boa com preços razoáveis e a inexcedível disposição da armada R4F. Estou certo que em 2013 Caldelas vai ter mais "laranjas" (e menos limões...)

Nuno Sentieiro Marques disse...

Parabéns Jorge...por tudo.

Grande entusiasmo, fantástico relato e bela descrição.

Parabéns a todos os representantes da nossa mais que fantástica armada.

Runabraços

Ndda disse...

Grande Jorge,

Brlhante post para mais um dia memoravel dos R4Fun.
Grandes fotografias.
Para o ano não falho!


Obrigado pela partilha.
NDA

Teodoro Trindade disse...

Bela crónica Jorge, não podia estar melhor. As fotos foram muito bem escolhidas. Parabéns.

É a forma mais deliciosa de provocar inveja aos que não nos acompanharam, garantindo que na próxima não faltarão.

Foi um excelente fim de semana, onde coube quase tudo. Muito obrigado pela excelente companhia.

Abraço

(algumas fotos AqUi e também aQuI)

Luis Matos Ferreira disse...

Excelente crónica Jorge!

Fico muito contente ao constatar que cada vez mais companheiros dos Run 4 Fun se deixam contagiar pela "febre" dos Trails, graças aos vossos bons oficios.

O percurso da Ultra da Geira é sem dúvida um dos mais bonitos que conheço, tendo sido aqui que me estreei na modalidade em Maio de 2010.
Com esta vossa aventura, vocês despertaram-me a vontade de regressar para o ano.

Runabraços

João Ralha disse...

Excelente reportagem fotográfica do Teodoro e da Guida.

Runabraços

Jorge Duarte Pinheiro disse...

Bravo a estes luso-romanos, que parecem ser doidos!
Prova dura, com envolvente sedutora.O relato é elucidativo
Parabéns a todos os que abraçaram esta aventura.
Runabraços