quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

100 anos de Maratona em Portugal


Livro da autoria de António Manuel Fernandes (edição Xistarca, 2010) aborda a história da Maratona em Portugal, quando passam 100 anos desde a 1ª prova de que há registo no nosso país realizada em 1910 e simultaneamente se celebra 2500 anos da famosa batalha a cerca de 40 km de Atenas.

No início descreve vários mitos e lendas sobre a Maratona que perduraram desde a antiguidade até hoje.
A seguir, ao longo de cerca de 110 páginas, percorre os vários períodos em que esta prova mítica se realizou no nosso país relatando peripécias e episódios documentados que se passaram nas ou em redor das corridas, desde os dias em que um punhado de atletas se aventuravam a fazer corridas de longa distância com algum apoio popular, apesar de haver quem referia as (“provas pedestres que não oferecem interesse nenhum, pois aquilo é mais próprio de corridas de cavalos que de homens”).

Prova que esteve interrompida por algumas décadas, sob influência da morte de Francisco Lázaro.
Realça os “loucos anos 80” em que o impacto social dos grandes feitos de maratonistas portugueses, nomeadamente de Carlos Lopes e Rosa Mota, fez explodir a aderência popular aos 42,195 km, tendo já ultrapassado em algumas provas a barreira de 1000 participantes a concluir.

No final, apresenta números e tempos relativos às 152 provas de Maratona realizadas no nosso país (hoje são já 154 Maratonas), as participações de portugueses em provas internacionais e as melhores marcas desde sempre.

Recomendo a quem quiser conhecer a história desta prova no nosso país.
RunAbraços.

3 comentários:

Joao Fialho disse...

E Francisco Lázaro triunfou na 1a. Maratona Portuguesa com o 2.º classificado a cerca de 15 minutos!

João Ralha disse...

Já tinha começado a ler o livro, que comprei na feira da Maratona no 1º de Maio. Já vou nos anos 70.

Runabraços

Paulo Gonçalves Marcos disse...

Temos que pedir ao António, autor, para nos vir um dia contar um par de histórias e apresentar o livro!