domingo, 27 de março de 2011

Trilhos do Pastor

Uma corrida diferente. Para perceber melhor o interesse destas corridas na natureza, é bom participar numa porque as descrições, tal como as imagens, são sempre aproximações muito pobres da realidade.

Começamos em S. Mamede, uma freguesia a cerca de 4 km de Fátima, numa manhã algo fria e com perspetivas de chuva. Pouco depois, passámos por dentro das Grutas da Moeda, é verdade, "corremos" (melhor dito, andámos) numa verdadeira gruta com formações rochosas de grande beleza, realçadas pela iluminação artificial e com muita água, em pequenos lagos. Parecia que estavamos num banho turco com níveis de temperatura e de humidade muito agradáveis.

O pior foi depois da saída, com o contraste da temperatura exterior. Parecia que tinhamos saído do banho quente, para o "frigorífico".

Um percurso muito agradável, com cheiro a floresta, locais muito bem tratados como as "Pias de Urso", paisagens muito bonitas, sem dificuldades de maior , até aos 20 km. Aí começaram as verdadeiras dificuldades, Só para terem uma ideia, eu o o Marco (fizemos a corrida sempre juntos) demorámos mais de 56 minutos a fazer os 5 km entre o km 20 e o km 25.

Nessa altura passámos pela parte mais difícil do percurso. Primeiro uma povoação chamada Reguengo do Fetal, muito bonita e bem arranjada, que deve valer uma visita com tempo, com um bom abastecimento de água, bananas, laranjas e marmelada. Seguidamente, uma subida na PR2 (Pequena Rota 2, para quem sabe de caminhadas) , feita sempre a andar, muito difícil, que dava para ficarmos em "alta rotação" cardíaca. Com a vantagem de, no alto, termos vistas magníficas. Depois, a passagem perto do "Buraco Roto" com subidas e descidas radicais com a ajuda de um corrimão de corda e uma paisagem fora do vulgar. Não aconselhável a quem tenha vertigens.

A seguir, nas calmas até ao final, onde tínhamos novamente água, laranjas e bananas, duche num colégio com excelente aspeto que até tinha uma cavalariça e local para volteio. A chamada "Província".

Finalmente um almoço com uma excelente sopa, tipo "Sopa da Pedra", uma bifana no pão, bebidas e fruta. Uma manhã bem agradável.

Destaques:

- A participação do Aníbal Lopes e do Gustavo Santos, dois excelentes atletas (nível semelhante ao do Luís Matos Ferreira) e pessoas simpáticas, pela 1ª vez com a camisola Run 4 Fun. Aqui estão eles.
- A 1ª corrida em Trilhos do Marco Gouveia;
- As excelentes provas do Aníbal Lopes, 4º no escalão, da Luísa, 5ª no escalão, do Luís Matos Ferreira, 6º no escalão, do Hilário em 10º no escalão e do Gustavo, com excelentes 2:38.;
- O Manuel Romano, apesar da ciática que o atacou a terminar com grande brilhantismo e em bom tempo. O Manuel fez uma filmagem com uma câmara portátil fixa ao boné. Cá esperamos o filme, Manel.
- O Paulo Jorge, também apareceu e fez uma boa corrida, com muita roupa, na minha opinião. O que vale é que choveu uns bocados, por isso o impermeável teve utilidade (!!.....:).........).
- Realce também para a participação das atléticas famílias Romano e Matos Ferreira na caminhada. Parabéns por mais uma participação.

Finalmente os meus agradecimentos ao Marco pela companhia durante a prova. Os 28,5 km passam muito mais depressa quando vamos na conversa e apreciando, em conjunto, as belezas e as dificuldades do percurso.

Mais fotos aqui.

Runabraços

11 comentários:

Manuel Romano disse...

A ideia da camara presa ao boné até que não era má, o problema é que o operador de imagem não regulou bem a máquina e o que se vê são a copa das árvores e as nuvens escuras no céu. Prometo fazer um filme melhor nos Trilhos de Almourol já no próximo fim de semana.

Nuno Sentieiro Marques disse...

Parabens a todos, excelente descrição uma vez mais. Dá vontade de participar só de ler :) .
Boas vindas aos mais recentes atletas.

Jorge Esteves disse...

Parabéns a todos! Deve ter sido uma prova dura mas são essas que nos trazem melhores recordações. A descrição convenceu-me a ir aos Trilhos do Pastor no próximo ano.
RunAbraços

Marco Gouveia disse...

João, eu é que agradeço a companhia. 3 horas e meia é demasiado tempo para se correr sozinho :) Ainda mais nesta prova em que a palavra sozinho assume o sentido literal.

Carlos Melo disse...

Espectacular descrição, Ralha.
Sendo verdade que só participando se conseguem "viver" as particularidades e belezas das provas e que os trails superam muito as habituais provas de estrada, a tua descrição deixou-me "com água na boca" para esta prova.

Não foi em 2011, tem que ser numa próxima oportunidade.
Grande participação R4F numa prova com estas caraterísticas.
Parabéns a todos os participantes, a quem esteve a pouca distância do podium, aos companheiros pela 1ª vez com a camisola laranja (revejo o Aníbal Lopes agora R4F).
O Marco e o Luís Ferreira continuam afincadamente o seu treino de preparação para a grande prova daqui a cerca de 1 mês.

RunAbraços.

Joao Fialho disse...

Fantástica descrição João!
Obrigado.

Tenho pena de não poder usufruir das paisagens dos trilhos. Desfrutem!

windtrail disse...

Parabéns João e demais atletas.

Não estive por lá mas já vejo que a representação foi de alto nível!

Espero encontrar-vos dentro de 15 dias na 1ª série do Ax Trail.

Ab

Zé Carlos

Paulo Jorge disse...

Excelente resumo Joao!!..melhor so mesmo participando na prova. Como deves ter reparado no final esqueci-me de te entregar os alfinetes :-)

Luis Matos Ferreira disse...

A prova e o convívio foram excelentes. Só tive pena de não ter podido ficar mais tempo, mas os miúdos tinham trabalhos de casa para fazer. Seja como for, a família está cada vez mais adepta das caminhadas.

Teodoro Trindade disse...

Muito obrigado pela fantástica descrição. Estou certo que a vossa participação na prova terá sido igualmente memoravel.

Parabéns a todos os "Pastores" trailianos, mas em especial aos dois novos companheiros.

Até Almourol.

anibalopes disse...

Que dizer AMIGO João... ...
palavras de quem SENTE e faz questão de PARTILHAR situações e MOMENTOS ÚNICOS inerentes a este NOSSO "vício"!!!
PARABÉNS e um FORTE ABRAÇO para TODA a "comunidade R4F"!
Até breve... ... (Almourol, certo?)