quinta-feira, 1 de julho de 2010

Ultra Trail da Serra da Freita 2010


Confesso que após percorrer 70km com 4200m de desnível positivo, me sobram poucas palavras para exprimir o que experienciei durante as 14h47m que demorei a percorrer um caminho lindíssimo que atravessou trilhos, rios, vales e picos montanhosos com horizonte a perder de vista. Mais marcante ainda que a viagem física foi a viagem interior que se operou durante este espaço-tempo e me transportou a recantos interiores menos conhecidos. Talvez o Dean Karnazes tenha razão e uma pessoa saia mesmo modificada por uma experiência destas. Espero que me perdoem o lirismo desta prosa, mas acho que por ora tenho uma boa justificação. Já dizia o poeta que o sonho comanda a vida, e digo eu que quando se concretiza um é tempo de pensar no próximo.

7 comentários:

Fernando Andrade. disse...

Parabéns, Luis.
Uma proeza ao alcance de poucos.
Eu também tentei, mas fiquei-me pelos 40. No entanto, fiquei contente por ter participado nesta grande aventura, que me deu uma perspectiva diferente da que tinha, a propósito destas coisas de Trail. Vou querer voltar, ainda que sejam muito grandes as probabilidades de ficar a meio, como dsta vez. Mas que vale a pena, vale sim senhor.
GHrande abraço e mais uma vez Parabéns.
FA

Manuel Romano disse...

Caro Luis, muitos parabéns!
Ao que conta o nosso amigo Fernando Andrade, no seu Blogue Cidadão de Corrida, a prova foi bem dificil, ainda por cima com um tempo limite para terminar que ao que parece não era fácil de cumprir. Uma vez mais um grande abraço e parabéns (que estendo ao Fernando Andrade).

João Ralha disse...

Parabéns Luís,

És um exemplo de que é possível fazer coisas extraordinárias, mas certamente pelo facto de tu seres um atleta extraordinário.

Além de um prosador de muito bom nível.

Eu gostaria de tentar alguma coisa semelhante, mas não me sinto, ainda, com coragem para tal. Vamos ver o futuro

Para ti é, Ultrabraço

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

que dizer? Parabéns? até me parece pouco,pois como refere, o melhor mesmo foi a operação que se foi efectivando ao longo das mais de 14 horas! Esse é o prémio.

Com admiração, e votos de boa recuperação

Ana Pereira

Bruno Bastos da Silva disse...

Luís,

mais uma vez os meus parabéns eplo resultado, pela coragem, pelo desafio, pelas palavras e pela enorme emoção que nos transmites nas tuas palavras.
Deve ter sido fantástico, pode ser que um dia destes te acompanhe...
Runbraços

Miguel San-Payo disse...

Muitos parabéns ultramaratonista. Já não é só o Caló.

Eduardo Correia disse...

Luis, muitos parabéns. Talvez um dia consiga acompanhar-te. Grande abraço.