domingo, 3 de março de 2013

Corrida da Árvore 2013


 Às oito um quarto da manhã mais uma vez uma vez estou acordado, mas desta vez não é para ir para escola, nem para ir estudar, nem para nenhuma chatice daquelas que assolam as pessoas da minha idade. Desta vez era para ir para uma corrida, aquela que é uma das minhas preferidas, não só percurso, mas também pelo ambiente que nos envolve, no chamado “Pulmão de Lisboa”.

 A corrida estava marcada para às dez, mas eu e o meu pai chegámos por volta das nove, para podermos fazer tudo com calma (levantar dorsais, aquecer, conviver…). Depois de arrumar o carro fomos para a fila dos dorsais na esperança de termos sido os primeiros a chegar, mas já lá estava o Jorge Pinheiro com os dorsais da nossa equipa (e não só, dentro desse envelope estavam também os dorsais de 4 desconhecidos, que deram o nome Run Four Fun à sua equipa).

O vencedor da prova, Miguel Silva equipa "individual", 
terminou a prova em  33 minutos e 34 segundos.
Às dez foi a partida. Pela primeira vez não parti da frente nesta corrida, e notou-se uma maior aderência que nas edições anteriores. Até à primeira rotunda estava complicado ganhar-se algum ritmo, pois a estrada era estreita para a quantidade de pessoas e tive dificuldade em furar lá pelo meio, pelo que tive de esperar pela chegada à ponte para correr no meu passo. A partir daí já não houve mais complicações em termos de falta de espaço. Chegou a grande descida e tal como os outros corredores, tentei tirar o máximo partido dela, estando ao mesmo tempo sempre de olho no António Cruz, que era a minha grande referência para esta corrida. No entanto, após o 4ºkm perdi-o, mas não foi só a ele, as minhas pernas rebentaram nessa altura (resultado da falta de treino, para a próximo oiço o meu pai). A partir daí foram 6km numa guerra mental: paro/não paro, abrando/acelero entre muitas outras coisas que me passam pela cabeça enquanto corro. Faço questão de destacar o facto da t-shirt laranja ser sinónimo de apoio durante a corrida.

 Aos 42 minutos de corrida apercebi-me que já não ia bater o meu recorde pessoal, mas mesmo assim passei a meta com um bom tempo, 44 minutos (uma melhoria em relação à edição anterior). Após passar a meta, ainda tive direito a uma água e a uma amostra fantástica de champô, que diz ser milagroso.

No fim da prova
Com isto, foi uma prova agradável com uma temperatura quase ideal e muito ar fresco, que com a companhia dos Run 4 Fun se tornou ainda melhor. Obrigado a todos os que estiveram presentes, e a quem não foi, recomendo fortemente que participem para o ano.




Texto de Bernardo Falcão

8 comentários:

Nuno Sentieiro Marques disse...

Fantástico Bernardo.

Grande atleta e agora escriba também.
Parabéns pela prova e muito obrigado pela Tua partilha...gostei muito da leitura.

Em 44 minutos, não tiveste muito tempo para pensar em parar ou abrandar ;).

Eu mesmo nesta misera forma e com alguns anitos a mais, não consigo controlar igualmente o arranque...é entrar a matar e morrer, o mais tarde possivel :).

O importante é tirares patido de cada metro percorrido com a máxima diversão possivel, e isso seguramente que já vais conseguindo.

Uma vez mais parabéns e cá fico à espera de mais relatos fantásticos destes.

Runabraços

Nota : chegaram a saber quem eram os nossos run four fun? eram mesmo totalmente desconhecidos que escolheram este nome ao acaso? ou foi um engano na inscrição?

João Ralha disse...

Bernardo,

Parabéns pela grande corrida e pelo excelente relato.

É assim mesmo que são os grandes atletas, a cabeça é que manda. Também é certo que com um bocadinho de treino, poderás melhorar um bom bocado.

Os pais só dizem o que acham melhor para os filhos.....estes às vezes parece que não os ouvem, mas registam tudo.

E agora estuda muito para teres boas notas, isso é o mais importante.

Runabraço

46 disse...

Parabéns Bernardo.

Grande prova, como costumas fazer na corrida da árvore.

Fizeste bem melhor que no ano passado.

Tens de fazer mais uns treinos para melhorares significativamente. Mas tens muitos anos pela frente para o fazer.

Grande Abraço,

AC

Alfredo Falcão disse...

Sim, eles receberam os dorsais pelas 9:30. Na lista de classificačoes são os quatro últimos Run 4 Fun.

José Magalhães disse...

Grande prova. Tens um grande futuro a frente.

José Magalhães disse...

Grande prova. Tens um grande futuro a frente.

José Magalhães disse...

Grande prova. Tens um grande futuro a frente.

Jorge Duarte Pinheiro disse...

Belo relato e bela prova, Bernardo! Grande atleta, sem dúvida.

Runabraços

Nota: Nuno Marques, era uma equipa composta por 2 homens e 2 mulheres, que, aparentemente, escolheram o nome por acaso