quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

2.500 Anos da Maratona

Em 2010 a Maratona comemora 2.500 anos de existência.

A agora mítica prova,ex-libris do atletismo, descende de uma batalha: a batalha de Maratona - planície da Grécia. E esta ficou na história pelo feito de um dos seus soldados.

Decorria o ano de 490 A.C. e os gregos tinham vencido os persas na batalha de Maratona. Após a batalha, coube a um soldado de nome Pheidippides a tarefa de levar a boa notícia à cidade de Atenas. O mensageiro correu desde Maratona até Atenas, num percurso de cerca de 40 quilómetros e logo após a chegada, só teve fôlego para dizer "nenikikamen!!!" (vencemos). Assim que cumpriu a missão, caiu morto.
Morreu, mas do seu esforço nasceu a Maratona!

Foi só em 1908 nos Jogos Olímpicos de Londres é que a distância de 42,195 Km veio a ser adoptada.

Em Portugal, nunca ninguém esquecerá os feitos de Carlos Lopes e Rosa Mota, que venceram a maratona nos Jogos Olímpicos de Los Angeles (1984) e de Seul (1988), respectivamente.

A Maratona é a mais longa, desgastante e uma das mais difíceis e emocionantes provas de atletismo. Hoje, tornou-se a corrida de rua mais popular do mundo, são milhares as pessoas que se juntam aos atletas de elite para participarem no desafio de correrem os quarenta e dois quilómetros, cento e noventa e cinco metros!

3 comentários:

João Ralha disse...

Uma das finalidades do nosso clube é precisamente levar a que cada vez um maior número dos nossos membros faça a Maratona.

É um grande desafio, mas compensa.....

Paulo Gonçalves Marcos disse...

Sim, este excerpto do João Fialho está na linha do que escrevemos no capítulo do Run 4 Fun no livro "Marketing Vencedor". Parabéns.

Marona Beja disse...

No VI livro de Herodoto, sobre a batalha da Maratona, o que ele conta é que o homem era correio (que passava os dias a correr, e que disso fazia profissão), e que a corridita que fez foi de Atenas a Esparta para pedir ajuda para a cidade de Maratona. A proeza é que terá feitto isso num dia, coisa significativa para uns 300km.
Artur