Trail de Sesimbra 03/06/18





Olho para o relógio e são 6h10! É cedo, tento descansar mas não dá. Levanto-me e arranjo tudo com calma. Saio e apanho a Carla. Chegamos a Sesimbra e cai uma ligeira chuvinha. Óptimo! Falo com algumas pessoas, tiramos as fotos da praxe e entro na caixa de partida. Olho e vejo muitos pros. Porra, onde me vim meter! Vou passar uma vergonha! Partida e de repente estou nos últimos lugares. Isto hoje vai ser bonito! Chego à Praia do Cavalo e não há confusão. Ah afinal isto tem as suas vantagens… 



O percurso é bonito, e rapidamente chego ao Cabo Espichel. Abastecimento rápido e ala que isto é para correr! Ás 3 horas estou com 22,5 km e penso "queres ver que faço isto em 6 horas?" E logo a seguir outro pensamento me assalta "tem juízo que falhas sempre nestas estimativas"!

 Saímos da costa e o percurso perde interesse. Estradões e algumas subidas e vai-se rolando. Ao km 30 entro na pedreira e fico admirado com a dimensão daquilo. Segue-se uma subida do catano para o castelo! Quase 18 minutos naquele km! Porra, isto já não dá para as 6 horas! Dentro do castelo mais um abastecimento. O voluntário simpaticamente pergunta: água, coca-cola ou isotónico? Uma cervejinha é que vinha a calhar, respondo eu. Ó amigo é só escolher diz-me ele. Sento-me num muro à sombra a degustar uma bela SuperBock fresquinha. O tempo pára e ainda pensei em beber outra… Não! Isto é para fazer! Chega de moleza! Vamos embora! O último percurso tinha 9 km dos quais 1,5 de subida ligeira mas contínua. Porra! Não chega já de subidas?! E de repente estou em cima do casario e em poucas centenas de metros passo a meta. 45 km tinham passado rapidamente. Desafio cumprido! Gostei e vou voltar! Venham também. Vale a pena!



Comentários

Rui Faria disse…
Malandro... és o um grande atleta é isso!
Talvez a tua teoria que treinamos pouco para as aventuras que fazemos esteja certa. Mas o fato é que as fazes com grande estilo. Tirando, claro, as vezes que és um preguiçoso só por que sim poucos tiram tanto gozo das provas como tu.

Espero pela tua inscrição no Estrelaçor. ;)

Grande abraço


Sandra Simões disse…
És, sem dúvida, um grande atleta e tens a virtude da coerência: és coerente nos teus objectivos e na forma de encarar a corrida. É para correr quando te apetece e quando achas que tem que ser. E é para parar, e saborear a jola, quando assim o decides. Não há nada a provar (tal como o demonstra o teu vasto e sólido currículo e a tua inclusão na "Lista dos Grandes") mas apenas a gozar, cumprindo, à tua maneira.
Admiro essa postura.
Bjs SS
Teodoro Trindade disse…
Belo relato Jorge, obrigado.
Deve ter sido duro. Mas gosto muito da forma ligeira como encaras estes desafios, o "frango é para virar".

Tenho pena de não te ter acompanhado, para mim és a melhor companhia.
Na próxima conta comigo.

(a pressão do EstrelaAçor está a fazer-se sentir)

Abraço