Mensagens

A mostrar mensagens de 2018

Atleta em Destaque: Pedro Machado

Imagem
Pedro Machado
56 anos, Engenheiro Civil


Diz-se que o nosso percurso de vida deveria ser medido pela intensidade com que o trilhamos e não pelo andamento dos relógios. O Pedro é uma pessoa em que este conceito se pode aplicar com toda a propriedade pela paixão que coloca em tudo o que abraça. Quando o conheci, já lá vão cerca de 5 anos, tinha uma “fraca” preparação física que não era de todo impeditiva da sua participação nos nossos treinos mais exigentes. Recordo um dos seus primeiros treinos na Garça. Um treino ao final do dia no qual o organizador desenhou um percurso que passava pela Capela de Nossa Sra da Boa Viagem percorrendo os caminhos escuros da mata do Jamor. O azar bateu-lhe à porta, torceu o pé. Durante algum tempo ainda procurou minimizar o acidente, só quando o inchaço era já evidente e provavelmente as dores de todo impeditivas, é que decidiu parar. Não são episódios difíceis como este que o desmotivam do nosso convívio, pelo contrário, sinto que são encarados como oportu…

Novos Membros: João Abreu

Imagem
João Abreu
21 anos, Técnico de Apoio à Gestão Desportiva
Apadrinhado por: Teodoro Trindade

O RUN 4 FUN é um Clube cada vez mais rejuvenescido tornando-se também por isso apelativo para grupos etários mais jovens. O João é o melhor exemplo desta nossa característica. Foram os treinos das terças-feiras do Monsanting Speedy que inicialmente o atraíram. Apesar de ser um jovem reservado foi evidente que gostou de partilhar connosco aqueles momentos participando na informalidade dos nossos relacionamentos. Repetiu a dose várias vezes, sempre com um sorriso e boas prestações atléticas, reveladores do seu carácter amistoso, determinado e lutador. A sua participação em Julho no Brutus de Sintra foi a “prova de fogo” para quem nunca tinha corrido em trilhos, passou com distinção. E a assiduidade repetiu-se noutros eventos do Clube deixando-me inequivocamente convencido de que o João será uma das melhores “contratações da temporada”. Sê muito bem-vindo João, não desistas dos teus objectivos. Eu ter…

Novos Membros: Luis Afonso Carvalho

Imagem
Luís Afonso Carvalho
57 anos, Arquiteto
Apadrinhado por: Teodoro Trindade


Conheci o Miguel San-Payo e o seu sentido de humor quando trabalhámos juntos no desenvolvimento da Honda Portugal e "conheci" o Teodoro em Maio deste ano, quando o Miguel me telefonou a saber como tinha corrido o Faial Costa a Costa. A minha bazófia era que tinha ido ao pódio mas o Miguel dizia-me que o seu amigo Teodoro tinha feito 2º no meu escalão. Como, se à minha frente tinham ficado um espanhol e um alemão? Foi assim que eu primeiro conheci o Teodoro, enquanto eu terminava os 42k de peito feito já ele tinha percorrido 65k, sem grandes alaridos. Depois veio o Brutus em Sintra, em Julho, lá estava o Teodoro, mas também o Ruben, o Paulo, a Sandra, o Rui, o Gonçalo et al. Foi o meu primeiro treino com os R4F e saí de lá com mais dores de barriga, da galhofa, que no resto do corpo. Alma cheia, até porque um mês antes tinha partido uma costela no trilho das pontes e sentia que Sintra estava em dívida comi…

ALUT – A Palavra

Imagem
Quando o Teodoro me falou numa prova no Algarve que o atravessava desde Alcoutim a Sagres, a ideia agradou-me. Tratava-se de um desafio interessante e gosto disso. Seriam 300 km para concluir em 72 horas e cada um fazia metade.




Inscrição feita.
Este ano tem sido difícil por vários motivos e claro a preparação não foi a ideal, mas estava combinado.
Palavra dada.

No dia 28 de Novembro fomos os 4 para o Algarve: Elsa, Guida, Teodoro e eu. Passámos a noite em Alcoutim e no dia seguinte tratámos dos sacos para as bases vida, que são os locais onde a organização tem para além de comida e bebida, camas e chuveiros. As horas passaram rapidamente e de repente estava a equipar-me para a prova.




Confesso que estava algo inquieto e sentia as pulsações a subirem. E de repente são 16h30, é dada a partida e começam 60 pessoas a correr sendo que a maior parte ia fazer os 300 km.
A primeira etapa com 38 km ligava Alcoutim a Furnazinhas e apesar de ser praticamente toda em estradões deixou-me preocupado…

A aplicação Elevate para o Strava

Imagem
O Strava é uma aplicação muito popular entre ciclistas e corredores. Aí podemos rever e analisar as nossas prestações em treino e competição.


Tem algumas valências que permitem comparar os desempenhos com outros atletas e dentro de grupos. Destaco duas valências, os Flybys e os Segmentos que são sobretudo curiosidades. 
O Strava permite que programadores desenvolvam aplicações que funcionam em cima dos nossos dados. É precisamente sobre uma dessas aplicações que vou deixar aqui algumas linhas, chama-se Elevate App. Funciona no Google Chrome como extensão do browser.
A Elevate foi escrita pelo programador Thomas Champagne, que a disponibiliza gratuitamente (link). Mostra indicadores interessantes, alguns podem ser vistos numa tabela do Strava e outros numa página adicional e na qual destaco o separador Fitness Trend. É dito pelo autor que ajuda a evitar lesões, prevenir o overtraining e a estar no pico de forma na data da prova.
Os indicadores que vou focar são os que procuram mostrar a …

#Penacova#TrailUltra42km

Imagem
Marina Marques
Penacova Trail do Centro
(11/Novembro/2018)



Acredito que na nossa vida nada acontece por acaso e que há aprendizagens que temos de fazer para valorizar o que é essencial: o amor, a paz, a gratidão, a bondade, a amizade… O universo sabe o que faz e cada desafio ou obstáculo são uma parte importante do caminho que temos para percorrer, um caminho que inevitavelmente nos conduzirá ao ponto em que tudo se revela e faz sentido. Foi aí que eu cheguei com esta aventura em Penacova.


A vontade de realizar esta prova surgiu, essencialmente, depois de verificar que vários companheiros RUN 4 FUN estariam presentes no evento. Sondei algumas meninas para me lançar pela primeira vez numa prova de Trail, esperando ficar pelos 17 km. Não obtive companhia para esta distância nem para os 25 km. Na altura, quer a Ana Melo, quer a Sandra Simões iam para os 42 km. Decidi então que, dada a minha inexperiência, o melhor seria optar pela distância onde teria companhia, estava preocupada sem saber …

A minha primeira prova Rainha.

Imagem
(João Sousa na Maratona do Porto, Nov. 4, 2018)
Autor: João Sousa (Porto, 4 de Nov. de 2018)
A Maratona (do porto). É certo que troquei a ordem e me "lancei" primeiro à ultramaratona sem ter passado pela experiência da prova mãe, mas não deixou de ser um marco que me acompanhará para sempre. De facto, foi a minha primeira vez a "competir" na distância de 42,195 km, algo que, há muito pouco tempo atrás me parecia dificílimo de alcançar (não estava a fazer treinos específicos para a prova e só há cerca de uns 2 meses é que me comecei a mentalizar que talvez fosse. Gentileza de um amigo que não pode ir e cedeu o dorsal, obrigado), mas fui, arrisquei, e ia cheio de expectativas, pois era todo um mundo novo para mim e toda a gente me tinha dado montes de força e motivação para que tudo corresse pelo melhor. O ambiente que se vive nestas provas é realmente incomparável com qualquer outra, é fascinante, toda a envolvência, a adrenalina, inexplicável mesmo, só quem faz pode…

Corrida e Caminhada da Água

Imagem
Vitor e Sara na Corrida/Caminhada da Água (Nov. 4, 2018)



Hoje de novo com a minha neta Sara nesta Caminhada/Corrida de cerca de 4 km..Confusão na partida, resultado fizemos o percurso errado e entrámos no Aqueduto com muita gente à frente e aí foi difícil correr com ritmo certo.


No final 28min10s com pouco mais de 10 participantes chegados à meta.


Importante levar a Sara mais uma vez a participar nestas pequenas provas, mas adequadas à sua idade e depois ouvir-lhe dizer que se sentiu melhor do que na Corrida do Millennium, quando o nível de dificuldade de hoje era mais difícil com algumas subidas.
-- Vitor Aguilar

A MINHA PRIMEIRA

Imagem
A Maratona... 😏


Para quem tiver paciência de ler, este meu testemunho será mais para explicar como é que uma maçarica como eu concluiu a sua primeira maratona, até porque percebi que a minha participação surpreendeu muitos dos meus amigos (e até a mim própria).
Quem já se cruzou comigo nos treinos ouviu-me dizer que eu não tinha grande interesse nem motivação para fazer uma maratona. Não gosto de passar horas seguidas a correr e muito menos em estrada (eu gosto mesmo é dos trilhos). O gosto pela corrida não tem muitos anos e aumentou exponencialmente com a descoberta deste grupo incrível de pessoas que fazem do Run um grande Fun. A decisão de fazer A PROVA surgiu como muitas das decisões que vou tomando na vida: uma vozinha interior que começa a falar comigo e a inquietar-me... Eu acho que essa voz é Deus, por isso confio sempre nela e nunca me arrependi.
Em junho deste ano, a 4 meses da maratona, comecei um plano de treinos, mas sem qualquer pressão. Às vezes comentava com algumas pess…

Novos Membros: Margarida Forte

Imagem
Margarida Forte
25 anos, Marketeer/Publicitária/Doer & Maker/Snazznes-Cenas
Apadrinhada por: Pedro Ribeiro




Não se deixem enganar pelos 19 anos de idade da Margarida Forte. Já visitou uns 2/3 do planeta e por lá terá espalhado a sua magia a correr. Acompanhá-la em corrida será tão divertido quanto ouvir as suas histórias, seguir o seu Instagram ou qualquer outro dos seus vários projectos paralelos onde ela mostra toda a sua criatividade e sensibilidade. Atenção que eu disse divertido. Não disse fácil. O seu apelido e longas pernas não deixam dúvidas em relação ao que ela corre. Não é por acaso que se estreou com a laranjinha na 1/2 das Lampas e já está inscrita para Sevilha, onde se vai estrear na maldita e desgraçada distância que não há maneira de… desculpem, isto é sobre a Margarida… estava eu a dizer para se juntarem a mim e darem as boas-vindas à nova atleta laranja. E quando puderem, conheçam-na pessoalmente. É muito alta tornando o seu sorriso fácil de ver a léguas. -- Pedro Rib…

Trail Costa Vicentina 2018

Imagem
As pessoas não param de me surpreender pela generosidade que colocam nos relacionamentos, e muito em particular as que partilham comigo o gosto pela corrida. Provavelmente não serão muito diferentes de outras que possuem interesses distintos, mas gosto de pensar que o exercício físico e especialmente a corrida potenciam a disponibilidade para esses relacionamentos.


(em Porto Covo, levantamento dos dorsais)


Para o passado fim de semana (20-21/out/2018) tinha programada a participação no Trail Costa Vicentina (3ª edição), que se realiza no Alentejo ligando Santiago do Cacém a Porto Covo. Anunciavam uma prova de 59 km, com relevo suave e baixa altimetria, piso regular em “estradão” onde se poderia correr facilmente o tempo todo, numa paisagem muito agradável. Uma prova “corrível” como se diz na gíria.
O plano para o fim-de-semana envolvia a saída de Lisboa no sábado à tarde, pernoitando em Santiago do Cacém. A prova começa cedo, às 8h30. Antes de partir de Lisboa, no sábado de manhã, enviei…