segunda-feira, 25 de março de 2013

23ª Meia Maratona de Lisboa

Foi uma corrida especial para mim. Fez 20 anos desde que, em 1993, fiz  a minha primeira meia maratona, na ponte 25 de abril. E consegui, com a ajuda do Vítor Aguilar, bater o meu PBT por 6 segundos de diferença, face ao que tinha conseguido em 2009, último ano em que tinha participado.

Muito mais relevante que a minha corrida foi a grande participação dos nossos companheiros Run 4 Fun. Consegui identificar 92 atletas e provavelmente ainda me faltarão alguns. Segue a lista, por ordem alfabética, na qual estão incluídos alguns companheiros que por lesão, ou por outra razão, não puderam correr mas que não deixaram de aparecer para fotografar, apoiar ou incentivar os companheiros.

Na ponte, uma parte dos nossos companheiros - foto Nuno Marques
 Uma verdadeira chuva de PBT´s a começar pelo mais rápido, o Carlos Martins, que desta vez conseguiu chegar antes do notável Luís Matos Ferreira, o Jorge Caldeira, o Teodoro Trindade, a Patrícia Calado (que conseguiu os "boost" à borla" com uma notável "corte" de "rebocadores" liderada pelo César Moreira, a Inês Fil Forte "rebocada" pelo marido, o nosso Paulo Marcos, e muitos outros que agora não consigo recordar e a quem peço antecipadamente desculpa.

Saliência ainda para algumas estreias na meia maratona, como  o José Manuel Veiga, "rebocado" pelo filho e nosso mais jovem maratonista, o João Veiga, a Sandra Simões sempre na companhia do "padrinho" Gonçalo Fontes de Melo, a nossa querida Manuela Cruz na companhia do grande atleta, Paulo Fernandes, a Sandra Lopes Luís, que passou desde ontem, a pertencer à nossa equipa e que, na sua 1ª corrida, conseguiu fazer abaixo das 2 horas e recuperar o investimento nos "boost". A propósito de "boost" (passe a publicidade), de salientar a fantástica corrida da Cristina Marques Caldeira, que na companhia do Nuno Sentieiro Marques, conseguiu correr descalça nos últimos 10 km da prova, para acabar abaixo das 2 horas.
Depois da prova, alguns dos participantes - foto Nuno Marques

Depois das fotos, lá seguimos para casa e, cerca de trinta de nós, para um excelente almoço tardio de cozido à portuguesa, na Malveira da Serra em mais uma organização de alto nível da Patrícia Calado, a quem  agradecemos a iniciativa.

E assim se passou mais um domingo atlético ,a  que se seguirá um sábado desportivo em Constância, que mete corrida e descida de canoas no Zêzere, numa original organização dos nossos "Constantinos". A não perder.......

Runabraços

18 comentários:

nemagiev disse...

Foi um dia fantástico e estamos todos de parabens...para mim claro que foi especial e isto de correr sem pensar nos nossos tempos é muito bom e dá a mesma sensação de realização
Venham mais dias assim

Ines Gil Forte disse...

Foi uma excelente corrida! Eu adorei! Belo relato João! E parabéns pelo teu tempo!

Nuno Sentieiro Marques disse...

Obrigado João, bela descrição do que foi mais um fantástico domingo.

A sempre "especial" viagem até à outra margem, passando pelo convivio e partilha de experiancias, aventuras e histórias enquanto a corrida não se inicia são sempre divertidas e ajudam a passar o tempo.

Conhecemos igualmente novos e muito simpáticos membros.

Tivemos pena de não estar no almoço, mas planos previamente definidos não nos permitiram participar no que foi seguramente o auge da festa.

Parabéns e muito obrigado a todos, pela permanente boa disposição e boa onda que transmitem.

Runabraços e até dia 30 em Constancia.

Teodoro Trindade disse...

Parabéns João,

Comemorar 20 anos de meias maratonas não é vulgar. Agora, que venham outros 20 e que consigamos todos estar presentes.

Abraço
TT

Jorge Esteves disse...

Parabéns a todos os que fizeram PBT, aos que se estrearam, aos que regressaram de lesões, aos que conseguiram reaver alguns investimentos, mas acima de tudo um especial abraço ao João Ralha que tem sido uma referência neste grupo fantástico. Sempre disponível para apoiar, para ajudar, para estar presente e sempre com uma palavra amiga. Obrigado João! Um abraço

Patrícia Calado disse...

Obrigada João!

Pelo teu relato, pelo teu PBT, mas sobretudo pelo teu espírito de companheirismo e boa disposição permanente!

És único e nós adoramos-te!!!

PFernandes disse...

Amigo João Ralha, agradeço a referência.

Todo o grupo R4F está de Parabéns por mais uma bela jornada desportiva!

A motivação e a energia que se transmite em plena prova aos companheiros que avançam no máximo esforço físico são Enormes e valem Ouro!
Só por isso é fantástico "também" fazer parte da família laranja...
... mas o que aqui me traz é o testemunho em primeira pessoa do grande objetivo que foi concretizado pela atleta Manuela Cruz.
O seu objetivo de baixar as 3 horas para a estreia nos 21.097 metros foi alcançado, com um tempo final de 2h53m23s a uma média de 8,21min/km.

O nosso primeiro objetivo seria o de terminar mais este desafio e conquistar a bonita medalha da meia-maratona mais bonita de Lisboa... mas queríamos mais!
Fizeram-se os treinos possíveis, com algum sangue, suor e lágrimas à mistura. Eu próprio admitia que não seria fácil baixar as 3 horas, pelo que tentei motivar para a grandiosidade da conquista da distância e não tanto para um melhor tempo final ou uma boa média.

No entanto o dia de prova correu de feição, o amanhecer trouxe um sol ameno, a bela viagem no comboio da ponte iniciou a aventura que terminou também com agradáveis viagens de comboio até ao Cais do Sodré e de Metro.
Pelo meio a enorme massa humana de Atletas e Caminheiros, as bandas de música, a espetacular passagem pelo tabuleiro superior da ponte 25 de Abril, o apoio dos elementos da organização, os Amigos que aqui e ali nos iam cumprimentando, com destaque para os companheiros Laranjinhas, fizeram com que tudo parecesse mais fácil e o desafio fosse superado como quem dá um passeio pelos jardins da avenida num final de tarde, com a enorme naturalidade e simplicidade de quem já conhece os cantos à casa, ou seja, os buracos do alcatrão e do paralelo, as táticas dos abastecimentos de água, isotónico, gel e bananas e o tique-taque de um relógio suíço no controlo das distâncias e do ritmo de prova…

O grupo R4F pode-se orgulhar de possuir mais uma atleta meio-maratonista nos seus quadros.
Pessoalmente, estou muito feliz pelo desempenho da minha Princesa!

Os objetivos servem para se alcançarem e serem superados e este foi largamente conquistado.
Venha o próximo!


Saudações Desportivas,
Paulo Fernandes

Martunis disse...

Mais um excelente relato...e um grande resultado!!

Já fiz os meus relatos da prova e tenho a dizer que desta vez saboreei ao máximo a minha primeira participação numa prova como membro R4F...O PBT que consegui (1h40m10)tem a relevância que tem, até porque foi apenas a minha 2ª 1/2 Maratona...(A outra nem conta muito porque já foi há mais de uma dúzia de anos e fiz os últimos 6 kms a passo...e com paragens...) mas desta vez fiquei muito contente por ter chegado 'vivo' aos Jerónimos...pelo meio sofri muito (talvez como nunca numa prova...)e 'ajudei' como pude uma senhora que corria sozinha (!!!) (agora já sei o nome dela)...chama-se Stefanie Freiberg e veio da Alemanha correr a nossa prova em Lisboa: no fim agradeceu-me como pôde todo o apoio que lhe dei e essa foi a minha vitória!!!!

O ambiente foi sempre o melhor...desde o encontro com a Patricia Calado e com o Cesar Moreira no Metro, até a todos os outros R4F (e outros amigos...)que encontrámos no Comboio e depois já junto à ponte foi sempre fantástico!!

Só falhei o almoço, mas outras oportunidades virão porque a festa não acaba na Meta.

Um abraço a todos e um muito obrigado pela parte que me toca!!

46 disse...

João,

obrigado por mais um relato muito bem escrito e pela tua prova. 20 anos passam depressa mas o teu feito é de assinalar.

Sem ti o R4F também existia, mas não era a mesma coisa.

Abraço,

AC

Jorge Duarte Pinheiro disse...

Boa, João Ralha! Parabéns a todos os que fazem a equipa Run 4 Fun crescer e viver, em cada prova/treino, em cada comentário/foto/palavra/grito/gesto. E saudações especiais aos que se estrearam na Meia, obtiveram PBT e compraram os ténis com o seu esforço de corrida. Runbeijos e -abraços

Manuel Romano disse...

Parabéns João pelo excelente relato.
A cada prova me surpreendo mais com o elevado número de participantes laranjas. Por vezes dou por mim a pensar o que move todas estas pessoas. Como é possivel o grupo crescer a este ritmo? Imagino o orgulho que sentes ao observar toda esta evolução. Muitos parabéns uma vez mais.

José Carlos Melo disse...

Parabéns João Ralha pelo feito e pelo grande companheirismo! Gostei muito do relato desta manhã, que se prolongou pela tarde.

Parabéns aos participantes que se estrearam nesta distância. Aos que acompanharam e incentivaram, aos que foram incentivados. Aos que fizeram o seu melhor tempo. Aos que passaram um bom tempo, que se divertiram. Mesmo que tivessem chegado ao fim cansados. Mesmo que tivesse corrido meio-descalça, ou tendo um problema no gémeo caminhou até ao fim. E às histórias individuais que nesta jornada cada um leva para contar.

Este espírito R4F é extraordinário.
RunAbraços.

Nuno Sentieiro Marques disse...

Viva João,

Imperdoável a minha falta de referência ao Teu "percurso".

20 anos "destas coisas" é fantástico.

Muitos parabéns por tudo e muito obrigado pelo exemplo e referência que és entre todos nós que te conhecemos.

Espero continuar por muitos e bons anos a correr na Tua companhia.

Strongrunabraço

Carlos Martins disse...

Excelente relato João, fantástico mais de 90 R4F é algo fabuloso. Parabéns pelos 20 anos de corrida é uma referência enorme.

ManuelaC disse...

João Ralha, a subtileza com que escreves, a amizade que transmites, o orgulho que sentes e nos demonstras pelo nosso grupo fazem de ti uma pessoa excecional, permitem que o nosso grupo cresça de forma saudável!! Obrigada!!
Parafraseando o anúncio, "... nós não seriamos o mesmo sem ti"
Grande abraço
MC

João Ralha disse...

Caros amigos,

Vou pedir à Luisinha, o "babete".

Agradeço os vossos simpáticos cumprimentos.

Para mim, os Run 4 Fun são uma das boas coisas que me aconteceu na vida.

Fico muito contente quando vejo companheira(o)s felizes, depois de atingirem os seus objetivos sozinhos ou com apoio de outra(o)s companheira(o)s, que é ainda o que me dá maior satisfação.

E quando não é possível atingir o que se deseja todos sabemos que haverão outras oportunidades e que os nossos companheiros estarão lá para ajudar, "rebocar", aplaudir, incentivar, fotografar.

E como dizia o saudoso Raúl Solnado, "façam favor de serem felizes".

Runabraços

Cesar Moreira disse...

João, fantástico!!!

Tu e a Luísa são os meus "pais" da corrida, por isso a tua felicidade é a minha felicidade!!

Após 20 anos, bateres um pbt só demonstra, que ainda tens muitas conquistas à tua espera. E eu quero ter a oportunidade de as acompanhar. Apesar de já terem referido a tua importancia no grupo, eu gostaria de realçar que para mim és um pilar fundamental. Todos no grupo temos o nosso papel, e da mesma forma que numa orquesta é o maestro que transforma um conjunto de instrumentos em música, tu és o maestro r4f.

Temos muito a aprender contigo, e sem dúvida que sou um ser humano mais rico, pela tua presença...

Já agora manda um bjinho à "mãe".

Grande Abraço

Orlando Ferreira disse...

Muitos parabéns João. Pouco serão os que se poderão orgulhar de tal feito e certamente muito poucos da forma como o tens feito.
Eu diria que uma parte muito significativa do "laranjal" é da tua responsabilidade e pelos comentários que todos fazemos, estamos todos muito agradecidos. Continua sff.