quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

A minha primeira e grandiosa Maratona



A primeira maratona! (Paulo Martins)





 O dia e a hora há muito que estavam marcados. Seria em Novembro de 2015 quando fizesse 50 anos e iria ser em Nova Iorque, esse sim era o sonho. O meu sonho.No entanto os planos alteraram-se completamente após a minha entrada para este fantástico grupo através do António Cruz, que sempre que me convidava para ir correr, eu dizia sempre o mesmo, que não estava preparado. Preparado até estava, mas não para o seu ritmo.Depois de muito treinar, resolvi fazer a minha 2ª Meia maratona, a 1ª tinha sido feita no já longinquo Ano de 2002. Escolhi São João das lampas, uma prova bastante dura mas muito bonita e bem organizada, fiz 1:49, nada mau para aquele momento.Depois fiz a meia maratona de Vasco da Gama, terminando a prova em 1:39. De seguida veio mais uma, a meia da Moita, com o tempo final de 1:35:58.Com os 20KM de Almeirim, onde terminei a prova com 1:29, comecei a pensar em correr a Maratona, pois 21KM já me sabiam a pouco.Quando li os relatos dos membros do Run 4 Fun começei a ficar cheio de vontade  em experimentar a Maratona, e inscrevi-me. Já estava, já não havia volta a dar.. iria acontecer no dia 9 de Dezembro em Lisboa.Continuei a fazer os meus treinos como até aqui, sem grande stress porque para mim o que interessa é concluir a prova, nem que para isso, a tivesse de terminar de gatas..Depois disso, foi só juntar a motivacao necessária, uns treinos lunares, boa alimentacao, uma ida ao Treino em Lisboa, onde pudemos fazer o percurso da Maratona (menos a ida a Algés organizada pelos Railrunners), Treino dos Chafarizes, uns incentivos dos amigos, o amor da minha família e voilá: estava tudo pronto para a minha grande desgraca!E a coisa resultou tão bem que foi sem grande receio que atingi o dia D (de dor, claro). Os treinos estavam feitos, o combustível estava carregado e muitos amigos do Run 4 Fun estavam presentes. Os objectivos eram muito claros e estavam definidos por ordem de prioridade: 1.º não me aleijar; 2.º terminar; 3.º terminar abaixo das 4:00; 4.º vencer a Maratona! Tirando o último objectivo, que não me estava a apetecer muito, os outros pareciam ao meu alcance. 


\


Assim que ouvi o tiro de partida, fui atrás do balão das 3:30! Felizmente, 1000 metros após o início desta empreitada, sentia-me muito bem, e assim fui deixando o balão para tráz e fui ao meu ritmo a 4:40.Os primeiros km levaram-me de volta ao bairro de Alvalade e deu para experimentar uma subidinha. Na Avenida de Roma, encontrei alguns elementos dos Run 4 Fun que iam correr a meia.Foi o primeiro momento de alegria. Juntei-me a dois Italianos que iam ao meu ritmo, fomos falando ora Italiano, Inglês, Espanhol etc. Nem dei pelo tempo passar e já ia a descer pela Avenida da Liberdade.Sabe bem descansar, esta descida foi longa e deu para recarregar energias.Pela marginal até Algés foi um autêntico passeio, ai sim começei a cruzar-me com os Amigos do Run 4 Fun. O primeiro foi o José Carlos, pensei.. já tenho companhia, mas ele ia ao seu ritmo e disse-me para me ir embora porque eu ia num ritmo mais rápido, e assim foi, fui correndo, e fui encontrando mais Amigos que se encontravam a fazer a meia-maratona, eram só sorrisos, muita confiança e muita motivacao!Com um apoio destes, senti-me ainda mais forte e motivado. Nos kms seguintes, começei a ver muitos mais companheiros, fui alguns Km’s á boleia do Luis Ferreira, mas ele ia um pouquito mais rápido e eu não podia ir, tinha de me disciplinar, se não, não iria conseguir subir a Almeirante Reis.

Ao pé do Cais Sodré cruzei-me com a Patricia Calado, onde recebi palavras de incentivo, ganhei mais força e fui  continuando.Desde o Terreiro do Paço até à Praça do Areeiro são 4km a subir, mas ao final de uma maratona faz mossa! Lembro-me que na  Rua da Prata me encontrei com o João Ralha e mais alguns companheiros que me deram força pra continuar na minha luta. Na Av. Almirante Reis, lembro-me de cada passo que dava com o destino de finalizar a minha prova, da cara de todas as pessoas com quem me fui cruzando, das vezes que respirei fundo e acelarei o ritmo, dos meus pés que pareciam blocos de cimento, do aparecimento do balcão do abastecimento dos 40 km.Estava tão cansado, mas de repente, sinto uma forca, era um dos Italianos que eu tinha acompanhado muitos Km´s. Ele só me disse ‘Arriba’.... e lá fui eu ao lado dele para os ultimos 2 Km´s.Faltavam 2km, e parecia que nunca mais acabava. Fui com ele a um ritmo acelerado até à meta.Quanto ao muros de que muito se tem falado, felizmente não dei por eles. Mas se não fosse aquela súbida (e essa sim era um muro) teria feito melhor..Ao  entrar no Estádio parecia que ia em transe. O meu olhar dividiu-se entre a bancada e o relógio oficial. Percebi que podia ficar nas 3:25, e assim acelerei como um maluco, nem me apercebi dos gritos da minha esposa e da Lena tal era o esforco. Esqueci o relógio, por momentos, e concentrei-me nas bancadas onde, para meu espanto, nao se encontravam ninguem dos Run 4 Fun. Achei estranho e perguntei para mim mesmo: “o que se passa? Fui assim tao rápido?”Ao passar a meta, esqueci-me de gritar tudo o que me ia na Alma, esqueci-me de festejar este feito, até apaguei o registo da prova no meu relógio.Depois foi só saborear as meias laranjas. Souberam muito bem e após esperar algum tempo, foram chegando mais membros do grupo e assim se formou a ‘onda laranja’, que foi apoiando os membros que foram chegando. Com a chegada dos restantes elementos á meta, a claque ficou cada vêz maior, foi lindo ouvir os festejos sempre que um Atleta Run 4 Fun entrava no Estádio. (para a próxima também quero).....     Fazer esta Maratona só me foi possivel, graças á minha sorte de poder pertençer a este grandioso Grupo, tudo pessoas simples e de uma simpatia incrivel. Pessoas que é dificil encontrar nos dias de hoje, sempre prontas para ajudar quem precisar. Quero agradecer entao a este grupo que me ajudou imenso e tambem quero felicitar todos os que fizeram esta mítica maratona pela 1ª Vez, foi um feito extraordinário, estamos todos de parabens... Mesmo que no dia seguinte, estava feito num oito, valeu a pena e mal posso esperar por repetir a dose.Obrigada, beijinhos e abracos Run 4 Fun.



18 comentários:

Paulo Martins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patrícia Calado disse...

Paulo Martins, já te disse e repito: és um "granda" maluco! Por isso gostei logo de ti, assim que te conheci! Para além disso, também corres muito! O que te vai causar problemas pois terá que tomar decisões difíceis nas provas: ou cumpres o teu 4º objectivo ou tens a claque laranja à tua espera na meta! Ambos, não será possível! Beijinhos e os meus parabéns pela grandiosa estreia na distância mítica!

Paulo Martins disse...

Obrigado Patrícia, mas tu és o espírito laranja...para a próxima vou ter de escolher, ou fazer PBT ou ter a claque laranja a apoiar-me... vai ser uma escolha difícil...

46 disse...

Muito bem Paulo.

Um relato ao nível do teu resultado na prova, que foi extraordinário.

O teu potencial é enorme e podes obter resultados só ao alcance de muito poucos.

Parabéns e um grande abraço.

AC

Nuno Sentieiro Marques disse...

Obrigado Paulo, por esta fantástica e emocionante partilha.

Foste uma aquisição extraordinária para esta "família laranja"...não pelo que corres (que é muito), mas pelo ser humano que és
Pela simplicidade, simpatia e boa disposição que permanentemente partilhas com todos os que te rodeiam.
És um membro relativamente recente, mas um forte exemplo do que é na minha opinião o espirito R4F.

Fizeste uma estreia fantástica, parabéns.

Runabraços

JoaoLima disse...

Muitos parabéns pela grande e inesquecível estreia!

Miguel Serradas Duarte disse...

Uma máquina! De corrida também :).

Miguel San-Payo disse...

Muitos parabéns. Agora só falta fazer uma 2ºmaratona para te tornares MARATONISTA

Miguel San-Payo disse...

Muitos parabéns. Agora só falta fazer uma 2ºmaratona para te tornares MARATONISTA

João Ralha disse...

Paulo,

Belo e bem humorado relato, de grande qualidade. Para quem dizia que não sabia escrever bem em português.....:) está excelente.

Grande 1ª maratona, que comprova o teu alto nível atlético. E integras, na perfeição, o espírito Run 4 Fun, com o teu otimismo e boa disposição.

Parabéns pelo teu feito e um grande runabraço.

Paulo Martins disse...

Olá a todos, obrigado pelos vossos elogios, sabe tão bem ler...
Tenho de confessar que tive a preciosa ajuda da minha filha, que me corrigiu o texto, se não fosso isso, mais parecia Alemanado...

Run abraços.

Jorge Branco disse...

Parabéns!
Grande prova e grande tempo!

nemagiev disse...

Este atleta vinha claramente chipado...não me admira que receba cartas em casa com multas por excesso de velocidade...os radares estavam em funcionamento.

Mais a sério...és mais uma máquina nesta equipa e parabéns pelo feito...até fico cansado de pensar os tempos que ainda vais fazer

Alfredo Falcão disse...

Paulo, gostei muito de ler a tua maratona. Foi extraordinário a forma como a fizeste. Estava à espera que fizesses um bom tempo, mas mesmo assim surpreendeste. Parabéns

Alfredo Falcão disse...

Paulo, gostei muito de ler a tua maratona. Foi extraordinário a forma como a fizeste. Estava à espera que fizesses um bom tempo, mas mesmo assim surpreendeste. Parabéns

Paulo Martins disse...

Obrigado Alfredo, até eu fiquei surpreendido, vais ser difícil fazer melhor mas vou-me preparar para Sevilha que é mais fácil.

lisboetacorredora disse...

Adorei ler-te!
Muitos Parabéns pela estreia e pelo tempo fantástico!
Quando temos motivação e motivadores à nossa volta tudo acontece :)
Um beijinho e boas provas

Paulo Marcos disse...

A primeira nota de salientar é o facto de teres estabelecido objectivos ambiciosos mas hierarquizados e sem stress...essa postura, e a tua disciplina na vida e na corrida foram-te, provavelmente, preciosas no tempo canhão que fizeste. E logo na estreia...O António Cruz, Luís Ferreia, Caló,José Carlos Melo e outros, que se cuidem...chegou um novo "etíope" à maratona...!