quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Carta Aberta aos Run 4 Fun

Vou tentar ser curto e não muito lamechas.
A verdade é que se está a aproximar um passo muito importante para mim que é a Maratona, e quero partilhar com vocês algumas coisas e opiniões deste ano e pouco que me ajudou a dar este passo.
Primeiro porque há uns anos era, não querendo aligeirar, obeso, e correr um campo de futebol já era um sacrifício, acabando por ficar parado no campo, e se agora vou neste nível é porque alguns de vós são responsáveis.

Do que me tenho apercebido, sou o Run 4 Fun mais novo, pelo menos dos que vão a provas maiores com frequência. É verdade que com os filhos de uns e outros que começam a correr, em breve esse estatuto foge…e ainda bem.
Quando entrei, pensei sinceramente, que me ia sentir a mais porque o habitual num grupo de gente com outra idade há tendência a não ligar muito e não desafiar tanto os mais novos. Estava enganado e ainda bem.
Desde que estou neste grupo sempre fui tratado bem e sempre me puseram em igual com todos, e quando me tratam como mais novo é mais para me dar conselhos e ajudar a melhorar neste desporto.

Ora sou mais novo e posso ter menos cabeça, mas da educação que me deram, um valor que dou importância é não ser mal agradecido.
A lógica seria agradecer a todos evitando esquecer-me de alguém mas, como espero que percebam, há alguns agradecimentos mais particulares a fazer, e se me esquecer de alguém não foi por mal e, foi para coincidir com esta altura importante.
No meio deste ano e tal houve alguns que tenho de agradecer um pouco mais, porque em alguma altura ajudaram a dar este passo. E então agradeço:
- ao César Moreira, porque foi um chato e insistiu em trazer-me para estas andanças, e é, oficialmente ou não, um primo;
- ao João Ralha, porque me trouxe para esta equipa e porque, até agora, foi quem me apoiou no fim das duas maiores aventuras que tive, os trails de 30 km;
- ao José Magalhães, Serafim, Rui Ralha, Pedro Mendes, Miguel San-Payo, Miguel Correia, Manuel Romano, e restante grupo das Terças e Quintas porque, visto que são as pessoas com quem passo mais tempo a treinar, acabam por dar mais conselhos, e alguns já acabaram por me safar e apoiar em muitas provas;
- ao Nuno Sentieiro Marques, porque foi o primeiro a obrigar-me a puxar mais e testar ainda mais os meus limites na corrida 1º de Maio, e pelas outras iniciativas que tem;
- ao Orlando Ferreira, porque apesar de não correr habitualmente comigo fez uma meia maratona só para me ajudar, ainda por cima porque psicologicamente era importante para a Maratona eu conseguir aquele tempo à Meia;
- às mulheres do grupo, que embelezam o grupo e que tornam mais agradável do que correr só com marmanjos, e algumas já começam a dar lições de corrida;
- a ti, sim a ti, de quem me estou a esquecer neste momento de referir;
- a toda a família Run 4 Fun, e acho que não tenho de explicar porque.

Já me imaginei várias vezes a cortar a meta no próximo Domingo. Numas vou sozinho, noutras acompanhado, numas chego de rastos e noutras a sorrir, numas chego feliz e noutras a chorar
de emoção, mas em todas chego a uma mancha laranja, que como em tantas outras provas está lá para apoiar e melhorar mais um episódio da nossa vida.

A carta vai longa, peço desculpa, mas resumindo espero que Domingo seja especial. Espero acabar, espero poder contar à família e que se orgulhem de mim. Espero eu ficar orgulhoso de mim. Mas, acima de tudo, espero que me lembre destes momentos para sempre, com a minha equipa, com o meu grupo que sempre nos apoia, ou seja com a nossa laranja.

Obrigado pela equipa que somos e que espero continuar a fazer parte.
Abraços e Beijos e obrigado a todos os que tiveram paciência de ler este desabafo

Dum atleta que veste orgulhoso a laranja dos Run 4 Fun
João Veiga

PS (25/10/2012) - O João Ralha tocou num ponto fulcral...o José Carlos Melo. Porque quando decidi fazer a meia, só com a ajuda dele ganhei a confiança porque me obrigou a acabar 21 Km em treino...Desculpa o esquecimento mas claro que fazes parte daquela lista a quem tenho de agradecer mais, porque nesse dia fiquei com a certeza que acabava a Meia e por toda a alegria que levas para as provas

9 comentários:

Paulo Marcos disse...

João, gostei muito! Também te sentimos como um membro da família! E um orgulho para nós ter alguém tão novo e tão intenso nos seus propósitos!

Manuel Romano disse...

João, orgulhosos estamos nós por gostares de treinar com estes "cotas". Quanto ao desafio do próximo domingo, encara-o como uma brincadeira de amigos para concretizar como se de mais um treino se tratasse. Um grande abraço!

Ndda disse...

Muito Bem João!

Depois deste Domingo nunca mais serás o mesmo.

Bom prova e desfruta, porque a Primeira é sempre a Primeira.


RunAbraço,

NDA

José Magalhães disse...

João. É esse o espiríto, ajudar e ser ajudado. A compensação vem sempre com a "meta", seja ela a própria ou um objectivo que se queira atingir. Se não te cansares nos próximos tempos, vais melhorar que a nível atlético quer a nível pessoal. Como diz o Nuno a primeira é sempre a primeira. Diverte-te.

João Ralha disse...

João Veiga,

Tu és a prova que há jovens em Portugal com grande capacidade para atingir objectivos difíceis que só se conseguem com planeamento, muito trabalho, capacidade para suportar adversidades e persistência.

E depois.............. na meta, é desfrutar de algo que só poucos conseguem fazer!!!

A primeira é sempre a primeira e por isso mesmo...... única.......

Runabraço

Passaste o grande José Carlos Melo que te ajudou, na Expo, a fazer o teu primeiro treino com mais de 21km. Lembras-te? Mas o teu "post" está tão bem feito que ele se sente, certamente, incluído!

jmveiga disse...

Como pai do João não posso deixar de estar orgulhoso de empenho com que o meu filho tem enfrentado estas andanças.
Quero deixar aqui os parabéns a este excelente grupo que o tem ajudado e apoiado.
Também eu já comecei a dar os primeiros passos nas corridas e em boa hora o fiz. Foi com enorme emoção que cortei a meta na Corrida do Aeroporto 2012 ao lado do meu filho... se bem que ele já a tinha cortado e voltou atrás para me ajudar.
Estou ligeiramente preocupado com a Maratona que ele vai fazer no próximo domingo, mas sei que ele está preparado e que vai conseguir os seus objectivos.
Tenho pena de não estar presenta na meta para o ver.
Força João.

Nuno Sentieiro Marques disse...

Grande João.

Obrigado pelo teu texto.

Está muito bem escrito, com alma, sentimento, sinceridade...gostei muito de o ter lido.

És uma pessoa fantástica.
Amigo, companheiro, solidário...enfim, penso que te integraste em absoluto neste grupo de gente singular.
Tem sido um prazer partilhar o "alcatrão" ao Teu lado e equipado com a mesma camisola.

Domingo, será seguramente um dia muito especial para Ti.
Desfruta ao máximo de cada Km.
O final trará seguramente um sentimento especial e único.

Runabraço.

Nota : Gostei do comentário do Teu pai, eu também estaria orgulhoso :).
Ele e a restante familia, que não se preocupem, pois estás mais que preparado...preocupem-se mais com o "dayafter" e a necessidade de ajuda que vais ter ;).

Carlos Martins disse...

Excelente texto, obrigado pela partilha. Vai tudo correr bem o mais difícil está feito, domingo é desfrutar e correr 42 km magníficos.
Runabraço

Cesar Moreira disse...

João e Pai do João.... :)

Não irás ter a família de sangue, mas irás ter a família dos afectos...

Estaremos todos lá , para apoiar e ate gritar se começares a ser choramingas :)

Para quem viu a tua evolução e o primeiro torcer de nariz quando falava de corridas, é com muito orgulho que vou estar presente na tua primeira maratona... tens é que me deixar acabar primeiro a minha, por isso não chegues primeiro que eu....

abraço

César