domingo, 9 de setembro de 2012

Férias na montanha

Há já alguns anos, desde que os nossos filhos deixaram de passar as férias do Verão connosco, decidimos fazer férias na montanha, basicamente através de caminhadas e outras actividades.

Este ano estivemos nos Picos da europa com o CAAL http://clubearlivre.org/ um clube de amigos que organizam atividades ao ar livre e com quem já fomos a lugares tão diversos como o Perú, ou as Montanhas Rochosas do Canadá.

Os Picos da Europa constituem um parque natural no centro-norte de Espanha, que inclui áreas como Covadonga ou Fuente Dé.


 


Antes de chegarmos aos Picos da Europa, estivemos em Chaves, uma bonita cidade onde fizemos um treino que nos permitiu conhecer a sua zona mais antiga, de grande beleza. 

Foi uma semana onde fizemos essencialmente caminhadas em montanha, uma das quais com 26 km de extensão e  10 horas de duração. Dormimos uma noite no refúgio de Vegaredonda, acima de Covadonga e fizemos a descida do rio Sella, em canoa. Esta descida é das mais famosas do Mundo, atraindo milhares de canoístas de diversos países, anualmente.







 Após seis dias nos Picos da Europa onde ficámos num pequeno hotel em Benia de Onis, rumámos aos Pirinés, passando por Pamplona a cidade das festas de S. Fermin, imortalizadas pelo famoso escritor Ernest Hemingway que ganhou o Nobel da literatura em 1954 e que lá viveu no tempo da guerra civil espanhola na sua atividade como jornalista.



Fomos para Benasque, dentro do parque nacional de Posets-Maladeta, o qual inclui o pico Aneto com 3.404 metros de altitude, a mais alta montanha dos Pirinéus. Benasque que fica a 1.238 metros de altitude, é uma cidade muito bem conservada e de grande beleza. 

Fizemos algumas caminhadas nomeadamente a circular entre Benasque e Cerler, lugar de grande beleza e estação de esqui no inverno. Estivemos também nas termas de Benasque a mais de 1.600 metros de altitude  e no Hospital de Benasque, um local fabuloso a 1.750 metros de altitude, de onde partimos para uma caminhada até ao refúgio de Renclusa a 2.140 metros, com vista para o Aneto, a cujo cume pensámos subir, mas que devido ao mau tempo, achamos melhor deixar para uma próxima oportunidade.





Após Benasque seguimos por Soria, até Segovia uma cidade espectacular com um aqueduto romano que tinha 15 km de extensão e que está muito bem conservado na sua parte final, dentro de Segovia. Ficámos num hotel que tinha sido um anterior mosteiro e palácio do Rei Enrique IV, perto do início do troço citadino do aqueduto. Segovia é uma cidade muito bonita que merece uma visita.



 Seguidamente, passámos uma noite em Castelo de Vide, uma cidade bem conservada, com um castelo e burgo medieval entre muralhas, muito bonito.




 Viemos para Lisboa, através de Alter do Chão outra cidade muito bonita, perto da qual está a coudelaria nacional na qual fizemos uma visita guiada num local magnífico, de grande dimensão (800 ha) a qual possui um magnífico conjunto de instalações de grande valia cultural e científica.






E assim fizemos umas férias ativas durante as quais fizemos apenas três treinos de corrida. Não se pode ter tudo ao mesmo tempo.......

Runabraços



PS

E aqui estão algumas fotos





5 comentários:

Nuno Sentieiro Marques disse...

Obrigado pela Partilha João.
Uma vez mais...fantástica a escrita, que nos deixa sempre vontade de "imitar" ;).

Runabraços

Jorge Duarte Pinheiro disse...

Uma ideia excelente para férias, premiada com belos sítios para caminhadas. E com um bom relato ao mesmo tempo.
Runabraços

Goncalo Fontes de Melo disse...

Obrigado pela partilha, Joao. Sítios magníficos. Andaste pelas terras do Kilian Jornet.... Espero que tenham descansado. Abraço.

Paulo Marcos disse...

Com os teus relatos não há quem não te queira seguir as pisadas, doravante!

Quase que me atrevia a dizer que temos que "fundar" um capítulo/chapter no Run 4 Fun dedicado ao pedestrianismo...e começarmos por fazer parte do Caminho Francês de Santiago!

Obrigado pela partilha!

Cesar Moreira disse...

João, obrigado por esta bela partilha... sem dúvida mais um ponto para ser colocado no mapa "a visitar"

abraço