domingo, 1 de abril de 2012

Eu corri uma maratona!

Há momentos mágicos na vida que ficam marcados para sempre!! Ouvir Freddy Mercury & Montserrat Caballé cantarem "Barcelona" na partida para a minha primeira maratona, onde 19.455 pessoas se preparavam para o mesmo objectivo, é um desses momentos únicos e inesqueciveis. Outro momento único e inesquecivel é, sem dúvida, a chegada apoteótica juntamente com o meu filho Francisco, que fez comigo os últimos 7Km, e ver a minha mulher Marta e a minha filha Madalena ali na reta final e tudo isto ao som dos Survivor - Eye Of The Tiger! É mágico, único e inesquecível...
Para viver tudo isto foram precisas semanas e semanas de treino intenso com o apoio incondicional de toda a Família e com a ajuda sempre presente de todos os amigos deste nosso grupo através do companheirismo e das palavras sempre amigas de motivação e incentivo nos momentos mais importantes.
Tudo começou com a parte mais fácil, a decisão de correr uma maratona! Depois a inscrição e a escolha do plano de treinos (myasics). O mais complicado estava para vir. Foram 20 semanas, 820,1Km e mais de 74 horas sempre a correr para estar pronto para este dia...para aqueles 42,195Km!!
Na vespera do grande dia, fiz um treino ligeiro com o Nuno Dias de Almeida e o José Carlos Melo. Sempre divertidos e muito bem dispostos lá fizemos quase 10Km com direito a entrada no estádio olimpico de Barcelona.
A tarde e noite foram de passeio por Barcelona, às compras, claro! Foram algumas horas, rua a cima rua abaixo, naquele ritmo tipo "loja sim, loja sim"...Enfim, acabou por ser um dia bem passado como seria de esperar numa cidade fantástica.
A passagem para a hora de Verão antecipou tudo uma hora. O dia começou cedo! A ansiedade estava lá, mas a consciência de que tinha feito o que devia para merecer estar ali também . Entretanto na vespera consegui alterar a minha zona de partida e assim sair um pouco mais à frente. O "Barcelona" dá o sinal de partida e aí vamos nós...
 É impressionante como 19.455 pessoas correm sem se atrapalharem umas às outras. Comecei bem. A estrada era larga, o que permitia uma saida bem planeada. Arranquei rápido - eu sei que não devia - é incontrolavél..."começar a matar e acabar a morrer" (Nuno Sentieiro Marques). Os tempos são ilustrativos!

Ao Km12 senti uma dor no joelho esquerdo, junto à rotula. Passados uns metros senti outra vez, mas não dei valor. Acabou por desaparecer!! E ao Km13 lá estava o meu filho de maquina em punho para registar aquele momento. Estava em grande forma...mas ia muito rápido para quem tinha de fazer tantos kilometros.
O tempo passou, os kilometros foram sendo percorridos passando pelas principais zonas de Barcelona sempre com um público muito animado e motivador...sempre a gritar por todos os corredores anónimos que passavam. Ia concentrado na corrida, sabia que o K35 estava a chegar e que o meu filho lá estaria para me acompanhar na parte mais dura da prova, já que nunca tinha ido para além dos 34K a correr. Era tudo desconhecido. Como dizia Muhammad Ali "the will must be stronger than the skill"
Na zona de abastecimentos do Km35 lá estava o Francisco pronto para esse desafio de fazer os últimos 7Km de uma maratona a acompanhar o pai. Levava o dorsal do Luis Correia, que infelizmente não pode estar em Barcelona, e o publico passou a gritar "vinga Luis...vinga Francisco". Nesta altura eu já estava a "pagar" o desgaste inicial e já não conseguia correr a uma velocidade constante. Ao Km37 começaram a aparecer umas caibras na perna direita e depois na esquerda. Ia fazendo alongamentos quando já não conseguia correr...assim que melhorava lá corria até que começámos a subir para a praça de Espanha, sempre com o público anónimo a gritar "vinga Luis...vinga Francisco"
Finalmente, a meta estava ali...A Marta e a Madalena estavam lá a ver-nos chegar! Eye Of The Tiger acompanho-nos até ao fim...e conseguimos correr uma maratona em 3:52:24 (objectivo terminar abaixo das 4horas - cumprido). Dos 19.455, fiquei nos primeiros 50% que terminaram a prova: 8.124
Estava esgotado...deixei lá todas as minhas energias, todo o meu esforço...doia-me tudo, até aqueles musculos que não sabia que tinha, mas tudo foi compensado com a felicidade do momento da chegada.
Cumpri o meu objectivo. Consegui superar um desafio enorme. Estava feito!!!
A todos os que me apoiaram, motivaram e me inspiraram ao longo de todo este caminho...
MUITO OBRIGADO!

18 comentários:

João Ralha disse...

Parabéns Francisco, pelo feito notável que sempre é, acabar a 1ª Maratona.

Relato muito bem escrito e documentado. É certo que tens potencial para melhor, mas cumpriste o teu objetivo.

Só para as corridas de 400 metros é que ouvi essa do "partir a matar, acabar a morrer". Como agora sabes, na Maratona é um bocado diferente. Na próxima serás, certamente, mais rápido.

O apoio da família é fundamental e uma forma de todos partilharem e compreenderem os resultados do teu esforço e abnegação.

Runabraço

José Magalhães disse...

Francisco a primeira de muitas. Muitos parabens pela tua magnifica prestação. A seguir virão outras, umas mais calmas, outras nem tanto. Mas o que interessa é que já estás no grupo dos MARATONISTAS. Até à próxima.

Carlos Martins disse...

Francisco gostei muito de ler o teu relato, traduz de forma excelente a tua satisfação com o excelente resultado alcançado.

Runabraço,
Carlos Martins

Orlando Ferreira disse...

Excelente, e diria mesmo, emocionante relato Francisco. Muitos Parabéns.
O apoio da família é fundamental e ter companhia na própria corrida deve ser ainda bem melhor.
Na próxima, todas as dúvidas e incertezas no após 34K já não vão ser novidade e certamente que farás ainda melhor tempo.

Ndda disse...

Fantastico post Francisco.

Parabéns pela enorme estreia e pela marca alcançada numa Maratona com alguma dificuldade.

3h51 é um grande tempo!

Demonstras-te consistencia no andamento até ao final.

És agora um Maratonista.

Acontecimento que nos muda a perspectiva de vida.

Obrigado pelo companheirismo e boa disposição e até à próxima.

RunAbraço,
NDA

Rui Ralha disse...

Parabéns Francisco, notável prova num ambiente fantástico. Estou certo que os momentos que descreves com emoção ficarão indeléveis na tua memória.

Runabraço

José Magalhães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nuno Sentieiro Marques disse...

Excelente escolha para estreia.
Obrigado pelo relato e pelo texto muito bem escrito, cheio de uma realidade emocional, que só por quem ela passou entende.

Venha a próxima :).

Runabraços

Eduardo Correia disse...

Parabéns Francisco!!!
Agora é pensar na próxima!!
Abraço

Eduardo Correia disse...

Parabéns Francisco!!!
Agora é pensar na próxima!!
Abraço

46 disse...

Caro Francisco,

parabéns pelo teu resultado. Grande tempo.

Li com muito interesse o teu relato.

Para a próxima guardas as compras para depois da maratona. Aquelas voltinhas que nos obrigam a estar quase sempre em pé não matam mas moem.

Abraço,

AC

Jorge Duarte Pinheiro disse...

Parabéns, Francisco, pela conclusão da prova magna (num tempo ótimo), pelo espírito, pelo relato.
Runabraço

Miguel San-Payo disse...

Grande Francisco,
parabéns pelo alcançar do teu objectivo. Agora é começares a preparar a próxima para te tornares MARATONISTA.

Miguel San-Payo disse...

Grande Francisco,
parabéns pelo alcançar do teu objectivo. Agora é começares a preparar a próxima para te tornares MARATONISTA.

Luis Matos Ferreira disse...

Muitos parabéns Francisco!!!

Prova superada com distínção!
Gostei muito de ler o teu relato.

Agora é treinar para as próximas.

Runabraços
Luís

Carlos Melo disse...

Muitos Parabéns Maratonista! Grande tempo para uma estreia numa Maratona!

Algumas sensações que tiveste nas partes mais difíceis que encontraste nesta estreia, podes procurar táticas para ultrapassar essas mesmas dificuldades e encontrar processos de rotina que as minimizem.

Muito obrigado pelo companheirismo, boa disposição e espírito de equipa.

Na próxima já sabes: tem que ser abaixo de 3:40! Parabéns!
JCM

Goncalo Fontes de Melo disse...

Caro Francisco,
Tive oportunidade de treinar contigo e ver a aplicação traduzida em resultados. Excelente relato, verdadeiramente inspirador. Vou seguir as tuas pisadas. Abraço.
GFM

Patrícia Calado disse...

Parabéns Francisco! Um pouco atrasados mas do coração! Que relato lindo! Fazes-nos sentir a felicidade da tua conquista, acompanhado dos que mais amas! Foi certamente um dia inesquecível!

Tenho pena que agora estejas mais longe, mas cá te esperamos para uma visita e uns kms de boa disposição!

Felicidades e até breve!