segunda-feira, 16 de abril de 2012

Barcelona 42,195.3,10.4,30 - A minha maratona



Barcelona 42,195.3,10.4,30

A minha maratona.

Nos últimos três anos tenho participado numa maratona internacional em conjunto com um grupo de amigos, em 2011 decidimos que a maratona a correr em 2012 seria a de Barcelona. Um dos elementos trata de toda a logística organiza a viagem e faz a inscrição na prova, o que facilita um pouco a tarefa dos outros elementos do grupo.

Quando se faz a inscrição nestas provas é necessário definir à partida o nosso tempo objectivo, assim na primeira reunião que realizamos onde cada um deveria dar o seu tempo eu dei 3h10’. Objectivo ambicioso dado que o meu melhor tempo era 3h23’, mas achei que teria de ser assim já que iria ter 3 meses de treino específico para a maratona, melhor seria tirar o máximo proveito.

Definido o objectivo tinha de reunir as condições necessárias para a realização do mesmo, em primeiro lugar o plano de treinos. Esta foi a parte mais fácil pois tenho tido a sorte de ter como treinador o Pedro Pessoa, que têm realizado todos os meus planos de treino de acordo com as provas que me proponho participar. A partir de Janeiro começamos com o treino específico para a maratona que se iria realizar em 25 de Março, dava os tais 3 meses de treino. O esqueleto base era o habitual treino 6/7 vezes por semana, séries curtas (de 200 a 800 m) à quarta-feira, séries longas (1,000 a 3,000 m) ao sábado e treino longo ao Domingo, em termos de volume uma variação entre 80 a 120 km por semana.

O principal problema era o treino em si, pois normalmente treino sozinho por dificuldades de horário e também de encontrar o grupo certo, dada a diferença de ritmos de corrida. Assim para colmatar a solidão do treino resolvi utilizar o “facebook”, iniciando aí a publicação de pequenos relatos com o andamento dos meus treinos, o que de alguma forma me obrigava a manter focado e não desanimar. Fui escrevendo tudo o que me ia na alma momentos melhores e piores, o “feedback” que ia recebendo foi muito importante para mim pois sentia que de alguma forma estava acompanhado. A importância de estar integrando em dois grupos foi aqui muito importante, o Run4Fun, é impossível alguém sentir-se sozinho pertencendo a este grupo e o grupo do Pedro com atletas de vários níveis, que de alguma forma conseguem treinar em conjunto à 4ª feira na pista da Sobreda.

Definido o objectivo, reunidas as competências e os meios, iniciado o treino, havia que realizar algum controlo da evolução do mesmo. Foram utilizados três treinos de ritmo 12/15/15 km à segunda-feira, de modo a controlar a resposta ao ritmo maratona. Os treinos foram muito positivos, servindo não só para testar o ritmo como para ir aumentando a confiança. A viragem seria com o treino longo de 32 km, no ano anterior tinha-me lesionado neste treino ficando impedido de participar na maratona de Sevilha de 2011, desta vez as coisas correram melhor e agora era gerir o resto dos treinos até ao dia da prova.

Dia 23 de Março viagem para Barcelona, a vontade de correr era enorme apesar de sentir que nem tudo estava bem era necessário um último esforço. Dia 24 feira da maratona para levantar o dorsal, lá encontrei o Francisco, o Carlos e o Nuno muito animados tinham vindo do Breakfast-Run, trocamos os cumprimentos habituais e parece que o ânimo tinha voltado.

Dia 25 Março, chegamos ao grande dia, saída do hotel bem cedo por volta das 7.00hrs a prova começava às 8.30hrs caminhada a pé até a zona da partida, cerca de 1,5 km que se fizeram com muita alegria, com a paragem obrigatória para o café. A zona da partida tem uma organização fabulosa, pela primeira vez deixei a minha roupa guardada e fui aquecer, 10/15 minutos fantástico, sentia-me bem apesar de cansado com as noites mal dormidas, tentei interiorizar falta completar 42,195 km do plano de treinos não posso falhar agora. Assim foi fui para a partida, mais uma excelente surpresa ouvir Freddy Mercury & Montserrat Caballé cantarem "Barcelona" foi um momento maravilhoso, esta prova surpreendeu-me sempre pela positiva.
Corri a prova como gosto a controlar sempre o andamento, na casa dos 4’30’’/km para conseguir o objectivo final, houve alturas em que tive de reduzir outras de acelerar e lá fui andando até ao km 40 tinha 3h de prova e senti está feito agora é controlar até a meta e evitar qualquer problema. Foi a primeira vez que cortei a meta muito emocionado, a chorar, tinha conseguido o que me tinha proposto agradecia a Deus ter-me proporcionado este momento. A determinada altura do percurso existem 500/600 metros em que só passam 2 atletas de cada vez, fantástico, o público todo em cima de nós sempre a incentivar fez-me lembrar as etapas da Volta a França com os ciclistas a chegar ao cimo da montanha e o público mesmo em cima a aplaudir, foi algo indiscritível.

Fico o meu relato, algo longo, mas o meu jeito para a escrita não é dos melhores.

Próxima maratona Estocolmo 2 de Junho de 2012, sem objectivos definidos à partida com muito fun para uma fantástica run.

6 comentários:

Nuno Sentieiro Marques disse...

Grande Carlos,
Obrigado pela fantástica partilha e emotivo relato.

No minimo conseguiste transmitir-me animo adicional para o próximo domingo em Madrid :-).

Muitos parabéns pelo fantástico resultado...fazer menos que 3:10 na Maratona, não é seguramente para qualquer um.
Obriga a uma dedicação e disciplina muito exigentes.

Runabraços

Luis Correia disse...

Obrigado Carlos por partilhares a emoção de terminares mais uma maratona.

Ao que parece ambos chorámos nesta prova. Tu ao cruzares a meta e eu em casa com os dois braços imobilizados.

Haverá mais oportunidades.

Fizeste uma preparação fantástica. Um exemplo de dedicação.

Bons treinos.

Gonçalo disse...

Grande prova e grande relato!

Muitos Parabéns!

João Ralha disse...

Parabéns Carlos,

Mais uma vez se comprova que só com ambição, grande dedicação ao treino, espírito de sacrifício e persistência é que se conseguem grandes feitos, como o teu, em Barcelona.

Obrigado pela partilha e pelo belo relato.

Runabraços

Ndda disse...

Muitos Parabéns Campeão.

Grande marca e evolução em tão nobre edição da prova.

A maratona mais participada da Peninsula Ibérica de sempre.

Fantástico resultado.

RunAbraços,
NDA

Orlando Ferreira disse...

Parabéns!
Depois do esforço do treino, ser recompensado com bons resultados dá ânimo para os próximos objectivos.