segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

A minha 1ª Maratona

Quando em Dezembro o Rui Ralha me desafiou, por email, para a Maratona de Sevilha, pensei que era uma brincadeira de final de ano. Poucos dias depois quando nos encontramos para os habituais treinos de final de dia na Expo, verifiquei que estava a falar realmente verdade. De inicio respondi que devia ser louco, afinal apenas tinha feito distâncias de mais ou menos 1/2 Maratona, uma Maratona é o dobro!, e por outro lado a cirurgia a uma hernia discal em Maio deixava-me a pensar! Outros colegas de treino foram-se juntando e pensei, porque não? Meia dúzia de dias depois estava inscrito! Agora tenho de ír! Continuei a treinar o habitual e fiz apenas um longão de 36 Km onde a Patricia e o César tiveram o papel importante de me trazer para o local de chegada durante os últimos 8 Km, caso contrário não completaria o treino. Chegado o grande dia e com um objectivo de 4H00 em mente, lá fui e a minha ambição para junto dos meus companheiros experientes para o balão das 3H30. Rápidamente o balão desapareceu e com eles os meus companheiros mais ambiciosos que eu! Fiquei com o Jorge Esteves e com o António Mata durante mais de 20 Km e cerca dos 25 Km fiquei sózinho já que o António e o Jorge optaram por abrandar um pouco. Sentia-me muito bem e fazendo uns cálculos rápidos percebi que estava melhor do que tinha previsto inicialmente ou seja a previsão de chegada nesse momento era para as 3H50. Quando ao Km 30 o Nuno Tempera vindo de trás me tenta puxar, verifiquei que já não tinha muitas forças. A partir daí foi sofrer até ao fim. Se por um lado as pernas pediam para parar, por outro lado a cabeça dizia para continuar, afinal tinha um plano para cumprir. E arrastei-me assim durante o resto do percurso, procurando as melhores trajectorias e sombras, já que o calor me incomodava. Ao entrar finalmente no estádio Olimpico senti um ligeiro alivio e tentei fazer boa figura, mas já não dava mais. No preciso momento em que corto a meta sinto o inicio de caimbras nas duas pernas e peço imediatamente ajuda para não cair. Fui socorrido afastado do local e imediatamente vigiado durante cerca de 10 minutos. O tratamento uma coca cola, masagens nas pernas, spray milagroso e um pouco de descanso já que tudo estava bem. Percebi o que Filipides sofreu quando em 490 a.c teve de percorrer a distancia entre Maratona e Atenas para evitar que todas as mulheres e crianças se matassem pensando que os seus tinham perdido a batalha. Avaliando agora tudo o que fiz penso que só não atingi o objectivo que tinha por alguma falta de experiencia. Para a história fica o meu tempo oficial 4:04:03.

21 comentários:

António Almeida disse...

É sempre um prazer dar os parabéns a alguém que termina uma maratona, sempre especial dar os parabéns a alguém que termina uma maratona pela 1ª vez, Parabéns Maratonista.

Jorge Branco disse...

Parabéns!
O clube dos maratonistas tem mais um ilustre membro!

Goncalo Fontes de Melo disse...

Caro Manuel,
Um relato de uma humildade e de forca de vontade que fazem de ti um vencedor. Obrigado pela inspiração, pois eu vou a seguir. Abraço e muitos parabéns!

Eduardo Correia disse...

O importante é terminar. Agora que já sabes o que custa começa já a pensar na próxima. Muitos parabéns .

Alfredo Falcão disse...

Gostei do teu relato em especial porque mostrou as oscilações de "humor" ao longo da prova. Parabéns por teres conseguido e por teres feito um tempo tão próximo do objectivo na primeira maratona.

46 disse...

Caro Manuel,

grande conquista. Parabéns pela tua primeira maratona.

AC

Nuno Sentieiro Marques disse...

Caro Amigo,
Emocionante relato.
A Tua permanente boa disposição e simpatia são contagiantes.

Muitos parabéns, excelente resultado para primeira experiencia.

Bem vindo ao clube...agora é pensar e preparar a próxima.

Madrid é já ali ao lado :) (eu e o Gonçalo já estamos inscritos e o Tempera a meio de ser convencido).

Runabraços

Ndda disse...

Parabéns Maratonista,

Já sabia que irias superar este desafio com relativa facilidade e um final feliz.

Nunca mais serás o mesmo.

Boa recuperação,

RunAbraço,
NDA

nemagiev disse...

Parabens...agora levo com mais um maratonista nas tardes de terça e quinta...quanto a tempo não interessa...está feita e a barreira das 4 horas bates quando quiseres...força para próximos objectivos e vai continuar a ser um prazer treinar contigo

Orlando Ferreira disse...

Muitos Parabéns.
Depois do 1º passo que é a decisão de participar, de muitos treinos, mesmo com dores e/ou tormentos, há que se desfrutar do momento da corrida. E ao fazermos a 1ª fica sempre a incerteza de como será a parte final e por isso corremos com algum receio.
Mas por muitos treinos que se façam ou em muitas outras provas que se participe, nada se compara com poderes dizer: eu fiz uma maratona!

José Magalhães disse...

Manuel
Já está!!!
Parabens. Eu bem dizia que conseguias. Tu com aquele ritmo sempre direitinho a correr, estava escrito que conseguias.
E agora PORTO (estou a brincar).

Jorge Esteves disse...

Parabéns Manuel!

És Maratonista! Para a próxima fazemos as 4h!

Runabraços

Francisco Sanches Osório disse...

Grande Manel!! Muitos parabéns!! Essa já está feita...
Grande abraço

João Ralha disse...

Manel,

É fantástico o que a nossa força de vontade e alguma "loucura" nos permite fazer.

Parabéns pela tua 1ª maratona, mais notável ainda por aquilo que sofreste no ano passado, com a cirurgia e a recuperação.

Mas, sinceramente, nunca tive grandes dúvidas que a irias fazer.

Talvez valha a pena contares ao teu médico!!! Podes ser um "case study" demonstrativo de que a nossa capacidade é muito maior do que, por vezes, nós próprios ( e os outros) pensamos.......

Runabraço

Teodoro Trindade disse...

Muitos parabéns Maratonista.

O teu relato é também um testemunho de como a primeira é especial. No fundo tudo se resume a vencer o nosso Adamastor ultrapassando o "Cabo das Tormentas". E isso foi feito com grande brilhantismo.
Para o futuro, verás que só permanecerá a "Boa Esperança".

Que esta seja a primeira de muitas.

RunAbraço.

Manuel Romano disse...

Caros amigos,
Muito obrigado pelas vossas simpáticas palavras. Quem diria à alguns meses atrás que eu iria correr esta distância! Estou a pensar na próxima, talvez o Porto.

Carlos Melo disse...

Grande Manel!
Parabéns por este teu Grande feito, tanto na preparação da Maratona, como na prova em si!

Grande esforço coroado com grande emoção! Esse dia vai ficar gravado na memória.

E como já deves ter reparado, ao reveres o que fizeste nesta Maratona, já descobriste certamente muitos pormenores e "pormaiores" a alterar, seja nos treinos, seja na preparação da véspera ou na tática a aplicar ao longo dos 42 kms, por forma a fazeres a próxima Maratona com uma "perna às costas".

Parabéns Maratonista!
RunAbraço.

Miguel San-Payo disse...

Muitos parabéns pela conquista da tua 1ªMaratona. Agora começa a pensar na próxima para te tornares MARATONISTA.

Miguel San-Payo disse...

Muitos parabéns pela conquista da tua 1ªMaratona. Agora começa a pensar na próxima para te tornares MARATONISTA.

Manuel Romano disse...

Carlos Melo, as tuas palavras são de grande sabedoria. De facto o resultado final podia ter sido outro, não o tempo de prova mas a condição fisica com que terminei, se tivesse sido mais inteligente na gestão de todo o esforço. Como foste a primeira pessoa que vi após terminar a maratona, sabes bem do que falo. Obrigado por tudo, um grande abraço.

Jorge Duarte Pinheiro disse...

Muitos Parabéns, Manuel Romano. Passaste além da dor!
Runabraço