sexta-feira, 10 de junho de 2011

Uma manhã diferente - Rampa do Moinho em Apelação



Caros Amigos,

Hoje tive uma manhã…diferente.
Diferente relativamente ao esperado bem como ao tipo de “corrida” a que estou habituado.

Esta “coisa do bicho das corridas” quando ataca é terrível :-).

No fim de semana passado e após ter passado a meta da Corrida do Oriente, entre a vária “papelada publicitária”, encontrava-se um convite para a prova “A Rampa do Moinho” em Apelação.

Uma prova que tinha a distancia de 3Km, e tal como o nome indica…assumi que fosse uma rampa de 3Km que terminasse num alto de um monte junto a um moinho.

Pareceu-me um desafio interessante...informei-me e mais curioso fiquei ao saber que quem fazia a caminhada, pagava 2€ e os “atletas da corrida principal” não pagavam nada e ainda recebiam uma tee-shirt no final, se acabassem entre os 100 primeiros (parece-me que era esse o numero)...inscrevi-me.

Como tinha um almoço de aniversário à espera em Riachos, levantei-me um pouco mais cedo e fiz-me à estrada.
Para quem não sabe, Apelação fica na zona de Sacavém, como tal, fiz um pequeno desvio antes de seguir em direcção ao Norte via A1 e lá fui até á “Rampa”.

Só após levantar o dorsal e começar a analisar a Zona é que decidi perguntar à organização onde estava a “Célebre Rampa”...espanto meu quando percebi que a “Rampa” era uma subida...”subidita de 700 ou 800m”.
Íngreme...mas curtinha.

(Tive tempo para descobrir que houve tempos mais antigos em esta prova tinha a sua partida em Loures e chegada ao alto do Moinho. Eram 7 kms de corrida que também incluía a difícil subida da Serra de Frielas)


Ou seja, não tinha nada que ver com o que eu esperava e muito menos com o que estou habituado a fazer...mas já que estava inscrito, lá me coloquei entre a rapaziada e fiz-me à vida.

Acabei bem acima da primeira metade do “pequeno pelotão”, tive direito à tee-shirt e meus amigos corri, diverti-me e levei a "laranjinha" até à Apelação.

3Km com 12:47 de tempo final…podia ter sido melhor, mas faltaram-me as “lebres” Hilário, João Fialho e Nuno Almeida :-).

Belo final de manhã e bom treino para a corrida do ambiente amanhã em Sintra.

Runabraços

Como continuamos em mês de Santos Populares, uma vez mais e apresentando as minhas desculpas, cá vão umas quadras :

Neste dia de Portugal
Que também é de Camões
Correr não me pareceu mal
Lá vesti a Laranja e os calções

Fui até à Apelação
Sabendo o que ia fazer
Levar até lá no coração
O espírito R4F de correr

A “rampa” fiz quase a brincar
Afinal a corrida até foi canja
Uma mais consegui acabar
Com a bela camisola “laranja”

Neste dia tão especial
Disse-vos o que fui fazer
Espero que ninguém leve a mal
De tentar “quadrejar” e correr

6 comentários:

Joaquim Cardoso disse...

:-)

Temos Poeta

Parabéns Nuno

Um Resto de FDS Excelente para ti

João Ralha disse...

Nuno,

Não sabia que eras tão bom poeta como corredor.

Parabéns e temos já garantida uma tripla de poetas para o nosso próximo jantar:

Zé Carlos Melo
Jorge Duarte Pinheiro
Nuno Marques

Grandes artistas

Runabraços

PS

Existe uma organização que se chama "Torneio de Loures" que tem um conjunto de várias corridas algumas das quais curtas e rápidas. Talvez a rampa da Apelação faça parte do Torneio

Jorge Duarte Pinheiro disse...

Uma rampa quase a brincar
É tarefa de português:
Foi o Nuno a puxar
Até ao quilómetro três

Umas quadras por dia
Não fazem mal a ninguém.
Dão-nos uma boa quota de alegria
De quem esteve algures em Sacavém.

Alfredo Falcão disse...

Boa Nuno, boa Jorge :-) os Santos populares fazem aparecer os poetas dos Run 4 Fun.

Interessante essa prova, curtinha com desnível e sempre se varía das distancias mais habituais. Por ser mais curta não intimida tanto no verão.

Runabraços

Joao Fialho disse...

Alma lusitana e' feita de grandes poetas!

Temos equipa!

Paulo Gonçalves Marcos disse...

Corredores, gestores, informáticos, professores, fotógrafos, poetas! Existe coisa mais diversa que o Run 4 Fun?