terça-feira, 19 de abril de 2011

Vienna City Marathon 2011


A 28ª edição da Maratona da linda cidade de Viena teve lugar no dia 17 de Abril de 2011.

Foram +32.000 atletas entre a maratona, meia-maratona e a prova por estafeta, vindos de +100 países.

O site oficial da prova disponibilizou pacotes promocionais para o evento, com várias ofertas de alojamento, acesso completo a todos os transportes na cidade, treinos de reconhecimento do percurso, pequeno-almoço especial para atletas no dia da prova, mapas turísticos e informações sobre toda a logística associada ao evento.
As notificações por SMS do início e fim da prova disponíveis para vários números de telemóvel por atleta podiam ser configuradas.

O levantamento de dorsais ocorreu sem problemas (para +32.000 atletas!) e indicava imediatamente ao atleta qual o seu bloco de partida através de um simples mecanismo de cores. Os dorsais foram entregues numa feira onde empresas desportivas apresentavam os seus novos produtos e estava disposto por forma a obrigar a todos os atletas a circularem no recinto.

Na véspera da prova um treino organizado na famosa ringstrasse, cerca de 6 Kms num "anel" que circunda os mais bonitos monumentos da capital austríaca.

Um treino calmo, muito agradável, de reconhecimento do percurso da prova conduzido por um atleta austríaco de renome, ao qual se sucedeu uma festa internacional organizado pela prova no salão de honra da Câmara Municipal de Viena. É um dos mais belos edifícios entre os vários monumentos existentes ao longo de Viena, tendo sido erguida no séc. XIX.

Depois de dias onde se notava a ansiedade que vários atletas tinham por participar na maratona, chegou finalmente o dia esperado...

E de repente a cidade acordou com avenidas cortadas, placas de publicidade dos dois lados da estrada, e fitas de publicidade no centro das avenidas, placards electrónicos gigantes onde filmes de publicidade e imagens de cobertura da prova eram mostradas, locais de abastecimento onde estavam instaladas mesas, cadeiras, e palcos onde mais tarde actuariam animadores. Tudo isto preparado enquanto a cidade dormia!

A organização da prova não descuidou sequer a alteração da cadência do Metro por forma a permitir o transporte em segurança a todos os 32.0000 atletas até ao local da partida, a "cidade da ONU". E nem uma mensagem em várias línguas a desejar boa prova a todos os atletas foi esquecida em cada composição do metro.

No local da partida haviam várias "hospedeiras" a confirmarem o acesso aos respectivos blocos de partida. Aqui, e durante o aquecimento cruzamo-nos com vários portugueses, e com a comitiva de elite, onde se destacava o campeão Haile Gebrselassie.

Tudo isto enquanto se ouvia música animada em toda a zona da partida.

E de repente o animador solicitou, através do sistema sonoro da organização "please stand up", e o hino autríaco ecoou nos altifalantes, assinalando a proximidade da partida. Todos alinhados nos respectivos blocos e, às 09h em ponto, foi possível partirem +32.000 atletas sem um único tropeção, empurrão, ou qualquer outra confusão! Exemplar!

O percurso pelos jardins na primeira parte da prova, onde estradas rasgam a meio um parque verdejante, foi saudavelmente cumprido. Uma segunda parte, o percurso pelo centro da cidade passando por alguns dos edícios monumentais desta capital do antigo império foi absolutamente deslumbrante.
De 5 em 5 Kms existiam os leitores dos chips a registarem os tempos de passagem, sempre com música e imenso público a acompanhar a prova e a motivar todos os atletas debaixo de um calor que se tornava cada vez mais abrasador à medida que as horas iam subindo e os Kms iam pesando!

Haile Gebreselassie, o actual detentor do recorde mundial da maratona foi o esperado vencedor da meia-maratona e deixou o 2º classificado a mais de 9 min. de distância. Gebreselassie fez a meia-maratona a uma velocidade de 20.99 Km/h, i.e. 2:51 min/km em média. “Catch him if you can”!


A portuguesa Dulce Félix liderou a maratona feminina até ao Km 41, e ficou em 2º lugar a 9 segundos de distância da vencedora. Uma excelente prova da campeã portuguesa, e logo na 2ª (!!!) participação numa Maratona! Parabéns!

Para mim e para o Eduardo fica uma experiência única vivida, e sempre com uma organização excelente.

16 comentários:

João Ralha disse...

As corridas têm disto.

A possibilidade de podermos desfrutar de ambientes inolvidáveis o que é o mais importante e que fica para sempre.

Mas também, testemunharmos como se podem organizar grandes eventos sem as "confusões" que ainda existem, ao fim de largos anos de realização, em algumas provas em Portugal, por exemplo, a Meia da 25 de Abril.

Enfim, temos mais Sol que alguns Países do Norte.....ehehehhhh

Runabraços

Luis Correia disse...

Fantástico João. Parabéns pelo tempo. 1h36 é muito bom. Excelente descrição do dia da prova. Entusiasmante!

E o salto para a maratona?

Paulo Gonçalves Marcos disse...

Belo texto. Tempos de alto nível. Duas camisolas Run 4 Fun em terras austríacas!

Run, Run for Fun! Ever!

Nuno Sentieiro Marques disse...

Excelente relato.
Excelentes resultados.

Parabéns uma vez mais a ambos...e lá andou a "lanraginha" por terras distantes :-).

Foi só pena a Dulce não ter aguantado o arranque final...faltou o sopro da serra para a Dulce :-).

Runabraços

Manuel Romano disse...

Uma vez mais uma excelente representação internacional, parabéns!

Joaquim Carvalho Lopes disse...

Parabéns ao Eduardo e ao João Fialho pelas excelentes participações.
A descrição dos aspectos organizativos da prova está fantástica.

Abraço

João Ralha disse...

Este "post" é fantástico. Para além da sua alta qualidade descritiva, até são atualizadas as fotos!!!!!

Agora, temos os nossos 3 participantes e fotos durante a corrida.

Estás-te a exceder, João.

Runabraços

Carla Cardoso disse...

Que fantástica descrição, e belas fotos:)

Parabéns aos dois mais uma vez:)

Ze Carlos disse...

Parabéns aos atletas "internacionais" não só pela representação mas sobretudo pelas boas marcas!

ZC

Eduardo Correia disse...

João, fantastica descrição mas gostava de relembrar um episódio hilariante:
A caminho da partida na carruagem do metro cheia mas sem ser a abarrotar ouve-se "control ticket"...e a tua amiga americana reage "What??? you got to be kidding me"...mas tinha o ticket na bolsa. Vi-as passar da janela do hotel (já com o banhinho tomado e a sentir as pernas ainda a ferver) ao km 40 às 14:30 isto é com 5:30 de corrida.

Jorge Duarte Pinheiro disse...

Brilhante relato, com ritmo e rigor. Valeu bem a pena a deslocação. Parabéns aos participantes. Espero que não venham a fixar residência em Viena...

Joao Fialho disse...

É verdade Eduardo... "Ticket Control!!!" :D

Carlos Melo disse...

Parabéns Eduardo e João por esta experiência internacional!

Excelente decrição feita pelo João Fialho desta grande prova promovida e organizada de forma muito cativante. É claro que dá um maior prazer participar e obtém muito maior aderência.

RunAbraços.

Joao Fialho disse...

@João Ralha: mais sol, melhor vinho, melhor cortiça do mundo, líderes globais em alguns sectores como o papel (temos de animar o país!).

@Luís: 1h36 foi o possível, pois atletismo com turismo rimam, mas não combinam.

@Jorge: se calhar não te enganas por muito ;)

Administração Condomínio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vítor Lopes disse...

Fantástica participação e, já agora, excelentes resultados. Relatos como este são para mim uma grande motivação para tentar estrear-me este ano na maratona e poder acompanhar-vos futuramente nestas aventuras. Parabéns aos 2!!!