terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Treino dos 4 Elevadores

Não se esqueçam de levar a nossa camisola R4F.

1 comentário:

Jorge Simões disse...

Fica aqui mais uma nota interessante, aliando assim cultura ao desporto...

"ELEVADORES LISBOETAS COM INTERVENÇÕES DE ARTISTAS PORTUGUESES

Nos anos 80, a Carris convidou os artistas Eduardo Nery, Calvé e José de Guimarães para decorarem uma série de autocarros de dois andares. Agora, a empresa pediu a quatro jovens talentos para mudarem o aspecto de outros meios de transporte emblemáticos: os elevadores de Lisboa. Os artistas plásticos escolhidos foram Alexandre Farto, Susana Anágua, Vasco Araújo e Susana Mendes Silva, que realizaram intervenções de arte pública, respectivamente, no Ascensor da Bica, no Ascensor da Glória, no Ascensor do Lavra e no Elevador de Santa Justa.

O projecto, intitulado Arte em Movimento - Carris, será inaugurado amanhã, e continuará patente durante perto de seis meses, até dia 30 de Junho. O objectivo é "estabelecer uma ponte entre um passado de histórias e vivências com o presente e o futuro", como explicou Lourenço Lucena, o comissário da iniciativa. No seu entender, este projecto "vai convidar os lisboetas a lançar um novo olhar sobre um transporte que usam ou não no seu quotidiano, mas que faz parte integrante da história da cidade e da vida dos seus habitantes".

No que consistem estas intervenções? O artista plástico Alexandre Farto, por exemplo, vai revestir duas das cabines do Ascensor da Bica com uma película reflectora que irá, como um espelho, "reflectir a realidade circundante". Susana Anágua, por outro lado, criou uma proposta artística para o Ascensor da Glória que tem a ver com "o equilíbrio de forças, e a mecanicidade do equipamento". Desta forma, explicou Lucena, pretende "registar a experiência de encontros e desencontros que já experienciámos nos elevadores".

Já no Elevador de Santa Justa, Susana Mendes Silva convida as pessoas a interagir com a sua obra, através de um texto em várias línguas que remete para o blogue www.santa-justa.blogspot.com. Por fim, Vasco Araújo, que instalou o seu projecto no Ascensor do Lavra, colou frases suas e de Fernando Pessoa nos bancos. O resultado é "um trabalho profundo e intimista que interpela os passageiros, convidando-os a pensar".

"É uma forma de dar visibilidade aos elevadores/ascensores através de trabalhos de artistas portugueses contemporâneos", sublinhou, observando que o projecto se enquadra no programa de responsabilidade social da Carris. Aparentemente, este não será um caso isolado, visto que a empresa pretende apostar numa promoção continuada da arte pública portuguesa através de outros equipamentos de transportes, como os autocarros e eléctricos."

in Diário de Notícias | 05 de Janeiro de 2010